Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Abril 2017
S T Q Q S S D
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
 

Notícias do TJGO

Vítimas de violência domésticas participam do 1º Encontro de Empoderamento das Mulheres em Jataí

20170305 111453Foi realizado, neste domingo (5), o 1º Encontro de Empoderamento das Mulheres Jataienses. A ação integra as atividades programadas pelo Judiciário goiano para comemorar o Dia da Mulher. O evento, que contou com a presença de cerca de 740 pessoas, foi promovida no Thermas Park Clube de Jataí e teve por objetivo prestar esclarecimento sobre a violência doméstica e familiar praticada contra as mulheres. O encontro foi organizado pelo Juizado da Mulher de Jataí em parceria com o Senac, Universidade Federal de Goiás, regional Jataí, Instituto Federal de Goiás, Comissão da Mulher Advogada, Instituto Raizen e Prefeitura Municipal.

Durante o evento, foram dadas orientações jurídicas e psicológicas e feitos atendimentos voltados para a área de saúde, como aferimento de pressão e teste de glicemia.  As vítimas de violência domésticas também tiveram acesso a sessões de massagens corporal e facial e curso de maquiagem.

e0d4d220-25dc-4b36-8d36-d414514316ccAlém das mulheres, a ação foi destinada aos filhos das vítimas, que também puderam participar de atividade de lazer. Para o evento, a prefeitura municipal disponibilizou seis ônibus e uma van que buscaram mulheres e filhos em suas residências. Além disso, o Executivo, por meio da secretaria de Assistência Social, fez o encaminhamento das mulheres ao mercado de trabalho e a distribuição de cestas básicas.

Multiplicadores

De acordo com a coordenadora da equipe multidisciplinar do Juizado de Violência Doméstica de Jataí, Flávia Simões de Araújo, a partir desta segunda-feira (6), estudantes de escolas municipais das áreas urbana e rural deverão participar de palestras sobre como lidar com o enfrentamento da violência doméstica.

“Estamos, cada vez mais, buscando parceiros para participarem e, com isso, contribuírem na prevenção e denúncia da violência doméstica na cidade”, afirmou Flávia. A iniciativa faz parte do Projeto Colmeia, que foi implantado no juizado em janeiro deste ano. No local, foram atendidas cerca de 200 mulheres vítimas de violência doméstica.