Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Abril 2018
S T Q Q S S D
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6
 

Notícias do TJGO

Mediação Sistêmica no 2° grau é apresentada em evento nacional

A coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJGO (Nupemec), juíza substituta em segundo grau Doraci Lamar Rosa da Silva Andrade; a servidora Lília Fernandes dos Reis e a professora da PUC-GO, Rosângela Montefusco, apresentaram nesta quinta-feira (12), no Conselho da Justiça Federal, em Brasília, o trabalho de Mediação Sistêmica no 2° Grau.

O Workshop Inovações na Justiça: o direito sistêmico como meio de solução pacífica de conflitos foi realizado pelo Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal (CEJ/CJF), com apoio do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A finalidade do workshop é expandir debates sobre os métodos alternativos de soluções pacíficas de conflitos, de acordo com a Resolução CNJ 125/2010, apresentando elementos do direito sistêmico para fundamentar a aplicação do conceito ao sistema de Justiça, além de exibir atividades de boas práticas desenvolvidas nos tribunais brasileiros.

Segundo a magistrada, a técnica de mediação sistêmica é usada no 1° grau desde 2012, no 3º Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da comarca de Goiânia. No entanto, desde de junho do ano passado está sendo usada no 2° grau. “De 30% a 50% dos casos que a gente faz a mediação sistêmica conseguimos acordo”, frisou.

Doraci Lamar explicou que a Mediação Sistêmica visa em sessões que são baseadas na técnica da teoria sistêmica, também conhecida como constelações familiares, desenvolvida pelo alemão Bert Hellinger. (Texto: Arianne Lopes / Foto: arquivo pessoal – Centro de Comunicação Social do TJGO)