Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Junho 2018
S T Q Q S S D
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1
 

Notícias do TJGO

Exposição no Fórum Criminal em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente

5 exp dercarte ws 003Está aberta, no hall de entrada do Fórum Criminal da comarca de Goiânia, no Jardim Goiás, a exposição Do Descarte à Arte, com obras feitas de materiais reaproveitados. As peças são criadas pelos artistas plásticos Andrea Caetano e Maicon Soares, do Estúdio Aramados. As obras estarão expostas no local até o dia 8 de junho. Depois, entre os dias 18 e 22 de junho, estarão expostas no hall de entrada do Fórum Cível de Goiânia. 

O evento está sendo realizado em função do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje (5), e tem por objetivo promover o consumo consciente e sustentável entre os servidores do Judiciário. “A gente transforma o descarte em arte. Hoje, o mundo da arte movimenta bastante o mercado e queremos mostrar que a arte também pode ser sustentável. Nós transformamos materiais que já foram algo um dia em arte”, declara a artista Andrea.

5 expos-ws 004Andrea explica que na exposição no Fórum Cível eles decidiram utilizar animais como inspiração devido a importância que eles têm para a natureza. “Atualmente, alguns animais estão entrando em extinção, nós temos uma peça exposta de um rinoceronte que, por exemplo, remete ao rinoceronte branco. O último que existia no mundo morreu esse ano, é um apelo porque ele morreu devido à caça”, destaca Andrea. Ela ainda explica que em todas as peças eles procuram fazer formatos que remetem a natureza e que chocam a sociedade para o consumo excessivo de madeira, para o desmatamento e para a importância da natureza.

Reciclagem

As obras de arte são feitas a partir do reaproveitamento daquilo que alguns consideram como “lixo”, em especial por meio da utilização de sucatas para a confecção das peças. A arte do estúdio pode ser definida como “upcycling”, pois, o que é descartado se transforma em produtos de maior valor e qualidade.

Segundo os artistas, o trabalho começa a se desenvolver pela coleta de materiais descartados, tornando-os objeto de criação artesanal com foco na sustentabilidade. São materiais garimpados entre sucatas de indústrias, ferro-velhos, oficinas e outros. Engrenagens, arruelas, porcas e outras peças que um dia fizeram parte de algo e que seriam descartados na natureza tornam-se matéria a ser transformada em objetos de decoração, exclusivos e únicos. Ainda, segundo os artistas, o estúdio busca inspiração em estilos como o steampunk, medieval, industrial e vintage, difundindo a cultura do “consumo consciente” de forma sustentável.

Sobre os artistas

5 exposio do dercarte a arte-ws 1Há três anos, o serralheiro e artista plástico nato Maicon Soares criou uma cadeirinha com material reciclável para um trabalho de faculdade da então estudante de arquitetura Andrea Caetano. Ele nem imaginava que a partir daí criaria peças artísticas em larga escala. Os dois começaram a criar pequenos bonecos, super-heróis, dragões e expandiram suas obras para outras inspirações. O artista contou que algumas peças levam muitas horas até serem finalizadas. Na confecção das peças são utilizados, além de metais descartáveis, solda, martelo, marreta e esmeril. (Texto: Jhiwslayne Vieira - Estagiária / Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO)