Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Novembro 2018
S T Q Q S S D
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2
 

Notícias do TJGO

Mais de 16 mil atos são executados pela equipe de auxílio forense da Corregedoria na 2ª Vara Cível de Cristalina

Atos em CristalinaEm mais um grande esforço concentrado, a equipe de auxílio forense da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás (CGJGO) finalizou os trabalhos na 2ª Vara Cível, das Fazendas Públicas, Registros Públicos e Ambiental da comarca de Cristalina desenvolvidos nos meses de maio e junho, cujo resultado final alcançou o índice de 16.161 atos praticados. Destes, foram analisados 8.216 processos (físicos e eletrônicos). O relatório conclusivo foi apresentado pela Diretoria de Correição e Serviços de Apoio da Corregedoria. Entre os atos efetuados pelo grupo estão ordinatórios, cartas de citações e precatórias, intimações, extratações, editais, interlocutórias, ofícios, mandados, remessas, alvarás e RPVS. 

 

O apoio na otimização do fórum local, foi um dos pontos ressaltados pela juíza Priscila Lopes da Silveira, diretora do Foro de Cristalina, durante os trabalhos desenvolvidos pelo grupo na comarca. “A presença da equipe de auxílio forense foi de extrema importância não apenas em razão das atividades desempenhadas na 2ª Vara Cível, mas em um contexto geral que abrangeu todo o fórum. Parabenizo o grupo que se mostrou incansável durante esses mais de 30 dias de labor que mostrou a relevância cada vez maior de integrar os gabinetes às escrivanias para que se tornem uma única engrenagem na busca de uma prestação jurisdicional de excelência”, enalteceu.

Já o juiz Thiago Inácio de Oliveira, titular da 2ª Vara Cível, explicou que partiu dele a iniciativa de solicitar a equipe para auxiliar a escrivania e elogiou a passagem do grupo, que avaliou ter visão moderna para a execução das atividades e imensa capacitação para o exercício da função. “Os profissionais que aqui estiveram alavancaram o trabalho da serventia, notadamente pela visão moderna da execução das atividades que detém vasta experiência positiva no âmbito de diversas comarcas percorridas por todo o Estado”, evidenciou.

Ao fazer um balanço do trabalho e do desempenho da equipe em Cristalina, a servidora Lucimar Batista Pereira, que atua na linha de frente do grupo, agradeceu a dedicação dos servidores envolvidos e a forma acolhedora com que os integrantes foram recebidos pelos magistrados e colegas. A seu ver, os números obtidos após a execução do trabalho, demonstram, por si só, o êxito dos procedimentos realizados e a dedicação integral da equipe. “Mais uma vez, agradecemos imensamente a Deus pela possibilidade de prestar com dedicação e esmero o auxílio forense a uma unidade judiciária em que o juiz titular, Thiago Inácio, nos recebeu de forma aberta e solícita, bem como aos assessores correicionais, que nos acompanharam e auxiliaram no apontamento de irregularidades e sugestões de quebra de paradigmas. Pelos números apresentados, entendemos que cumprimos nosso desiderato prefacialmente pré-definido. Deixamos a comarca com a certeza do dever cumprido”, concluiu.

Desde o início desta gestão, comandada pelo desembargador Walter Carlos Lemes, a equipe de auxílio forense, que tem como coordenador geral o juiz Cláudio Henrique Araújo de Castro, auxiliar da CGJGO, já auxiliou oito unidades (que inclui a 2ª Vara Cível de Cristalina): 1ª Vara Cível de Anápolis, 3ª Vara Cível, de Família e Sucessões de Jataí; Juizado da Violência Doméstica de Rio Verde; Vara Criminal de Planaltina de Goiás; 2ª Vara de Família e Sucessões de Goiânia e 1ª Vara Criminal de Aparecida de Goiânia e a Vara de Família de Valparaíso de Goiás. Além de Lucimar Pereira, compõe a Equipe de Auxílio Forense os servidores Aliny Flávia Sampaio Martins, Eunice Hilária Ferreira, João Daniel dos Santos, Rivaldo José Borges, Sandra Villar e Valéria de Fátima Moreira. (Texto: Myrelle Motta - assessora de imprensa da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás/Fotos cedidas pela Equipe de Auxílio Forense)