Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Julho 2018
S T Q Q S S D
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5
 

Notícias do TJGO

Juiz mantém presa jovem de 18 anos que afirma ter 20 passagens pela polícia

istock 000064191197 smallO juiz Carlos Magno Caixeta da Cunha, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Aparecida de Goiânia, converteu a prisão em flagrante de Luana Alencar de Oliveira, de 18 anos que afirma ter 20 passagens pela polícia, e Fernando Augusto Silva Chagas em prisão preventiva, durante audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (12). A dupla deve ser encaminhada ao Centro de Prisão Provisória (CPP). Eles são acusados do crime de roubo qualificado pelo concurso de agentes.

A defesa dos acusados pediu a liberdade provisória. Já o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) sustentou a necessidade de conversão do flagrante em prisão preventiva. Ao analisar o caso, o juiz observou que não era cabível o relaxamento da prisão em flagrante.

Constam dos autos que a dupla roubou um veículo HB 20 na Avenida Rio Verde, no Setor Presidente, em Aparecida de Goiânia. Segundo a narrativa, policiais receberam a informação do roubo e ao encontrarem o carro sinalizaram para que os réus parassem, momento em que eles tentaram fugir. Durante a fuga Luana, que dirigia o veículo, bateu em cerca de 10 carros até que na última colisão perdeu a direção e parou.

Eles foram reconhecidos pela vítima como sendo os autores do roubo do veículo. Ela contou ter sido abordada pelo casal com uma arma de fogo. O juiz verificou que, apesar de primários, não é a primeira incidência criminal que eles possuem, tendo em vista a existência de reiterados atos infracionais, por condutas análogas aos crimes de roubo, receptação, latrocínio, furto, entre outros. Carlos observou ainda que, devido à onda de crimes que atinge a região metropolitana, o poder judiciário deve agir de maneira pronta e rigorosa retirando os indivíduos que praticam tais crimes do convívio social. (Texto: Jhiwslayne Vieira – Estagiária do Centro de Comunicação do TJGO)