Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Outubro 2018
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
 

Notícias do TJGO

Corregedor-geral visita obras do presídio de Caiapônia

FMST0977Na última sexta-feira (03), o Corregedor-Geral de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes, juntamente com a juíza da comarca de Caiapônia, Gabriela Maria de Oliveira Franco, e várias autoridades visitaram as instalações do presídio da cidade, em razão do início das obras, que se deram há duas semanas. O corregedor esteve presente na comarca também para participar do 7º Encontro Regional realizado no município.

11111O projeto de reforma e ampliação do presídio de Caiapônia foi idealizado pela juíza da comarca com apoio da promotora de Justiça Terezinha de Jesus Paula Souza, o delegado de Polícia Marlon Souza Luz, o 2º Tenente d9 Quadro de Oficiais de Administração da Polícia Militar, Dayan C. S. Gomes, o presidente do Conselho da Comunidade, Rayner de Carvalho Medeiros, o prefeito de Caiapônia, Caio Lima, o prefeito de Palestina de Goiás, Valdivino Rodrigues e a prefeita de Doverlândia, Zilda Rezende de Araújo, e da sociedade e comércio em geral.

O projeto teve início a partir de Audiência Pública realizada no dia 27 de outubro de 2017, com a presença das autoridades e representantes da sociedade civil, momento em que foi destacada a precariedade das estruturas física e pessoal do presídio de Caiapônia e a necessidade da reforma e ampliação do local. Todo o projeto de reforma e ampliação foi realizado pelo engenheiro civil à disposição da Prefeitura de Caiapônia, Jefferson Godinho, que estimou o valor total da obra em R$ 400 mil, e com previsão de término em aproximadamente 150 dias. Para arrecadar o valor, foram feitos leilões, rifa de um lote particular, doado pelo presidente da OAB local, da comunidade em geral, bem como de outros valores das prefeituras de Caiapônia, Doverlândia, Palestina e câmaras dos municípios.

CGJN1218Com o início das obras, foi feita a transferência de 25 presos para outras unidades do Estado, com apoio da Agência Prisional, bem como das polícias Civil e Militar de Caiapônia. Os transferidos apresentavam mau comportamento e históricos de fugas, pois a cadeia não possui segurança e está sob a custódia da Polícia Militar. Permaneceram no local 25 detentos e, deste total, 5 foram escolhidos para auxiliar durante as obras.