Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Dezembro 2018
S T Q Q S S D
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6
 

Notícias do TJGO

Juíza de Jataí participa de eventos voltados ao combate da violência contra a mulher

USAR ESSAA parceria entre o Poder Judiciário e outras instituições da rede de enfrentamento à violência contra mulher é um dos nortes de atuação da Juíza Sabrina Rampazzo de Oliveira, do Juizado de Violência Domestica e Familiar contra a mulher de Jataí-GO.

A magistrada participou do III Vivendo Sem Violência, seminário que aconteceu nos dias 22 a 24 de novembro de 2018, no Campus Jatobá da recém-criada Universidade Federal de Jataí (UFJ). O evento interdisciplinar e gratuito tratou sobre violência contra as mulheres, as políticas de enfrentamento existentes, seus resultados, as possibilidades de ampliação dessas políticas e construção de novas propostas.

A parceria entre o Judiciário e a UFJ foi ressaltada por Claúdia Lemes, coordenadora do projeto de extensão Práticas em Educação, Gêneros, Sexualidades e Subjetividades – PEGGS, responsável pela realização do evento. Segundo Claudia, a data do seminário foi escolhida por estar entre o Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher (25 de novembro), que marca o início da campanha de mobilização global "16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” (entre os dias 25 de novembro a 10 de dezembro).

No primeiro dia, a magistrada participou da mesa de abertura do seminário e esteve presente na palestra com o tema “Violência, raça e gênero”, ministrada por Vilma Piedade, autora do conceito “Sororidade” e do livro homônimo. A juíza também ministrou uma palestra no segundo dia do evento com o tema “O Juizado na promoção e defesa dos direitos das mulheres”.

Postar essa foto por favorEla também prestigiou o curso de formação de servidores da prefeitura de Jataí, ministrado pela servidora Sherloma Aires, da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, pela professora Michele Franco da UFG e pela perita criminal Gyzelle Xavier, coordenadoras do “Coletivo Em nome delas”, um projeto de estudo e extensão da Faculdade de Ciências Sociais e do Núcleo de Direitos Humanos da UFG, campus Goiânia. No domingo, Sabrina participou de um chá promovido pelo Centro de Referência em Assistência Social (Creas) do município com mulheres vítimas de violência que foram atendidas pelos poderes Judiciário e o Executivo.

A juíza avaliou que o evento serviu para debater a violência junto a comunidade local. “A violência contra mulher é real, não é exagero, nem vitimização, é cultural e precisa ser combatida”, ressaltou. Ela também destacou a importância do evento realizado pelo Creas. “O evento reuniu mulheres vítimas de violência para mostrar, de forma carinhosa, que a sociedade jataiense as vê e considera, com respeito e sem julgamento”, afirmou.

Para a juíza é importante que o Poder Judiciário esteja presente nestes eventos, pois, demonstra a preocupação com a garantia dos direitos da mulher vítima de violência doméstica e familiar. (Texto: Jhiwslayne Vieira - Estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)