Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Novembro 2017
S T Q Q S S D
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3
 

Notícias do TJGO

Reunião discute Metas Nacionais do CNJ e do TJGO

9-RAE 3A Secretaria de Gestão Estratégica (SGE) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) realizou com desembargadores e juízes auxiliares, da Presidência e da Corregedoria Geral da Justiça, uma reunião, nesta quinta-feira (9), para discutir o Relatório de Análise da Estratégia (RAE). O documento traça o desempenho do Tribunal, de fevereiro a outubro de 2017, nas metas elaboradas no Plano de Gestão Estratégica para o biênio 2017/2019, da gestão do desembargador Gilberto Marques Filho, e o desempenho nas Metas Nacionais para 2017, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O plano foi aprovado em junho e este é o primeiro relatório de análise da atual gestão. O objetivo da reunião foi o de avaliar as metas, verificando o que já foi cumprido, o que falta cumprir, quais ações e projetos foram desenvolvidos para cada meta e analisar o que precisa ser feito, a partir de agora, para que todas as metas sejam alcançadas até o final do biênio. O RAE trouxe, também, o andamento das Metas Nacionais de 2017, do CNJ, com o intuito de avaliar a situação de cada uma e discutir o que será necessário para cumprir todas até o final de dezembro.

111%

Com cinco das 18 metas já cumpridas e com passos largos em várias outras, Gilberto Marques Filho acredita que o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás está no caminho certo. "Claro que não podemos nunca nos acomodar. Temos sempre que ousar e seguir adiante, procurando, naquilo em que estamos apenas razoável, alcançar também o seu cumprimento. Estamos nos esforçando e fizemos o compromisso de viabilizar o alcance de todas as metas estabelecidas nessa gestão", afirmou.

9-RAE 1Das metas já alcançadas, destaca-se a Meta 4, a qual previa implantar 90% dos processos administrativos, das ações realizadas pelo Poder Judiciário, no sistema de Processo Administrativo Digital (Proad). 100% dos processos administrativos já foram implantados no Proad, fazendo com que fossem alcançados 111% de cumprimento.

De acordo a diretora-geral do TJGO Aparecida Auxiliadora Magalhães Santos, o Proad foi um benefício muito grande para o judiciário. "É uma ferramenta muito simples, muito boa de lidar. Esse resultado foi uma união de esforços da Diretoria Geral, através da Diretoria de Informática, e da SGE. Foi extremamente valoroso, para a própria administração, porque com essa ferramente é possível que todas as áreas consigam visualizar e trabalhar em um mesmo processo, ao mesmo tempo, acelerando seu andamento", explicou.

Ademais, disse que a equipe da Diretoria Geral está demonstrando completo empenho em cumprir as metas elaboradas no Plano de Gestão Estratégica. "Nosso presidente é um homem extremamente trabalhador e ele passa isso a equipe. É por isso que as metas estão tão aceleradas, justamente porque todos vestiram esse espírito do desembargado Gilberto Marques Filho, de trabalho, de correr atrás e investir no que é importante para o Tribunal. Procuramos ultrapassar as expectativas", informou.

Metas Nacionais

Em relação às Metas Nacionais de 2017, estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça, os magistrados se mostraram confiantes, no sentido de que todas serão cumpridas até o final do ano. A Meta 1 – Julgar Mais Processos que os Distribuídos, já ultrapassou o resultado esperado pelo órgão nacional, alcançando 106,15% de aproveitamento. Só no mês de setembro foram distribuídos 325.220 processos e 345.118 foram julgados.

Da mesma forma, a Meta 2 – Julgar Processos Mais Antigos (identificar e julgar 80% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2014 no 2º grau), o TJGO cumpriu 120,61% da meta. Para os processos distribuídos até 31 de dezembro de 2013, foi cumprido 93,43% da meta. Porém, a expectativa é que, até dezembro, a meta alcance 120,76% do esperado.

A Meta 8 – Fortalecer a Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra as Mulheres também ultrapassou o resultado estabelecido pelo CNJ. De janeiro a setembro, o TJGO realizou o número de ações necessárias para alcançar 116,67% do esperado.

O Conselho Nacional de Justiça realizará, nos dias 20 e 21 de novembro, o 11º Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília, onde será exposto os dados do relatório Justiça em Número de 2017, debatendo seus resultados e promovendo o diálogo sobre temas estratégicos. Ainda, serão elaboradas as sugestões de metas para 2018.

Participaram da reunião, o presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho; o corregedor-geral da Justiça de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes; o ouvidor-geral do Poder Judiciário de Goiás, desembargador Itamar de Lima; os juízes auxiliares da Presidência, Jeronymo Pedro Villas Boas e Ronnie Paes Sandre; os juízes auxiliares da Corregedoria de Justiça, Cláudio Henrique de A. Castro e Murilo Vieira de Faria; a diretora-geral do TJGO Aparecida Auxiliadora Magalhães Santos; e o secretário-geral da Presidência Fernando Sousa Chaves. (Texto e fotos: Gustavo Paiva – Centro de Comunicação Social do TJGO)