Com a publicação do Decreto Judiciário nº 757/2018, a remuneração do conciliador ou mediador judicial nos procedimentos pré-processuais e processos judiciais com deferimento da gratuidade da justiça será paga pelo Estado nos seguintes valores: audiência de conciliação, R$ 7,98, e a audiência de mediação, R$ 23,96. Estes valores serão reajustados anualmente pelo INPC-FGV (Índice Nacional de Preços ao Consumidor, da Fundação Getúlio Vargas), por meio de ato da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), observa o expediente publicado no Diário da Justiça Eletrônico de segunda-feira (28).

foto curso de mediação silvaniaO Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) encerrou, na quarta-feira (18), a 1ª etapa do curso de Mediação e Conciliação Judicial ministrado na comarca de Silvânia, que tem como diretora do Foro a juíza Nathália Bueno Arantes da Costa. O curso foi dividido em etapas teóricas e práticas, incluindo estágio supervisionado.

Sem títuloO Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) realizou, em março, o curso de Mediação e Conciliação Judicial nas comarcas de Luziânia e Alexânia. O curso foi dividido em etapas teoricas e práticas, incluindo estágio supervisionado.

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), inaugurou nesta sexta-feira (6), na comarca de Orizona, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). A unidade funcionará na fórum da cidade e abriga uma sala de audiência, sendo preparada para realizar conciliação e mediação e uma secretária para atendimento ao público.

As juízas de Luziânia Renata Farias Costa Gomes de Barros, titilar da 1ª Vara Criminal, e Soraya Fagury Brito, titular do Juizado Especial Cível e Criminal, foram designadas pelo Decreto Judiciário nº 453/2018 para atuarem, respectivamente, como Juízas Coordenadoras do 1º e 2º Centro Judiciário local. O dispositivo foi publicado nesta quarta-feira (4), no Diário da Justiça Eletrônico. (Texto:Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página