A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) designou seis juízes da capital e interior para atuarem nas Audiências Concentradas de Conciliação durante a 13ª  Semana Nacional da Conciliação na comarca de Goiânia, que teve início nesta segunda-feira (5) e prossegue até o dia 9 de novembro.

Continuam suspensos, até o dia 16 de novembro, os prazos processuais nas Varas da Fazenda Pública Municipal da comarca de Goiânia. No Decreto Judiciário nº  1.695/2018, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, observa que a iniciativa, que começou no dia 30 de outubro, se deu em razão da 13ª Semana Nacional da Conciliação. (Texto:Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, abriu oficialmente, nesta segunda-feira (5), na comarca de Goiânia, a 13ª Semana Nacional da Conciliação. O movimento, de inciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), alcança todos os Tribunais de Justiça do País e, em Goiás, a expectativa é que cerca de 50 mil atendimentos sejam realizados até sexta-feira (9).

comemoAs comarcas de Porangatu e Anápolis deram início aos trabalhos referentes à 13ª edição da Semana Nacional de Conciliação, nesta segunda-feira (5).

MóvelEm outubro, foram realizadas nas comarcas do interior e da capital 598 atendimentos pela Justiça Móvel de Trânsito., alcançando 472 acordos (91%). A informação foi divulgada pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), nesta segunda-feira (5).

Fale conosco sobre esta página