Na véspera do 84º Encontro do Colégio de Corregedores Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (Encoge), nesta quarta-feira (4), foi promovido, pela primeira vez, um encontro com juízes assessores dos corregedores para debater temas de interesse das Corregedorias do Brasil que subsidiarão o evento virtual amanhã (5). Com a participação dos juízes Donizete Martins de Oliveira, Algomiro Carvalho Neto e Aldo Sabino Guilherme Saad Sabino de Freitas, foram discutidos temas referentes ao Tribunal do Júri, citações e intimações na pandemia (realização dos júris semipresenciais já comuns nos Tribunais de Justiça de Alagoas e Acre), manual de alienação de bens apreendidos e conciliações e mediações nas serventias extrajudiciais com uso de tecnologias digitais, que serão também objeto de debate na tarde de quinta-feira (5) pelos corregedores-gerais de Justiça de todo o País.

O evento acontece em sua segunda edição virtual devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) surge para viabilizar debates e discussões sobre as adversidades advindas desses tempos desafiadores para o Poder Judiciário, com o fim de uniformizar entendimentos, divulgando as soluções encontradas e, desta forma, proporcionar a melhoria da prestação jurisdicional. A solenidade de abertura do 84º Encoge, que será transmitido ao vivo através da cidade de Maceió, capital do Estado de Alagoas, será feita pelo ministro Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça. O corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, que também é 2º tesoureiro do Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (CCOGE), e os três juízes auxiliares da CGJGO estarão presentes ao evento.

Os representantes da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás farão a apresentação do 6º painel de amanhã (5) que terá como temática as Aplicações Tecnológicas No Controle Da Atuação Extrajudicial Em Tempo Real com exposições do juiz Algomiro Carvalho Neto, auxiliar da CGJGO, e Marco Antônio De Oliveira Lemos Júnior, diretor da Divisão De Gerenciamento De Sistemas Do Extrajudicial da Diretoria de Tecnologia da Informação da CGJGO. Assuntos como a Violência Doméstica e Familiar Dentro de um Contexto de Pandemia e O Registro Civil Como Protagonista De Um Novo Tempo também fazem parte dos painéis de amanhã (5).

Deliberações

Anteriormente à realização do evento, a Comissão Executiva do Encoge também dialogou sobre questões administrativas com a finalidade de fechar as pautas das cinco palestras, decidir sobre os representantes do Judiciário nacional homenageados e escolher os assuntos a serem debatidos pelos juízes auxiliares.

Além do presidente do Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (CCOGE), desembargador Fernando Tourinho, participaram da reunião os desembargadores José Augusto Gomes Aniceto, 1º vice-presidente; Teodoro Silva Santos (Ceará), 2º vice-presidente; Elvira Maria de Almeida Silva (Sergipe), 1ª secretária; Hilo de Almeida Sousa (Piauí), 2º secretário; Maria de Nazaré Saavedra Guimarães (Pará), 1ª tesoureira; Kisleu Dias Maciel Filho (Goiás), 2º tesoureiro; além da chefe de gabinete da CGJ/AL, Mariá Tenório. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da CGJGO/Edição de fotos: Hellen Bueno – Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO)

Fale conosco sobre esta página