A titular do Juizado da Infância e Juventude de Luziânia, Célia Regina Lara, esteve presente nesta quarta-feira (11) na apresentação do projeto Multiplicar a Proteção - Formação de Agentes do Sistema Socioeducativo e Protetivo, realizado no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG). Os participantes vão atuar com adolescentes, em consonância com a atual política nacional sobre drogas do País. A intenção é desenvolver projetos de intervenção junto às famílias selecionadas de modo a enfrentar os fatores de risco presentes na vida dos jovens.

O projeto é resultado da parceria entre o IFG e a Secretaria Nacional de Prevenção às Drogas (Senapred), do Ministério da Cidadania. Na opinião da magistrada, o projeto “é de suma importância para o município, que conta com alto índice de violência infantojuvenil aliado à necessidade de apoio às famílias de adolescentes e jovens adultos propiciando-lhes meios para o devido enfrentamento à drogadição”.

Na ocasião, a juíza também ressaltou que o projeto tem total apoio do Juizado de Infância e Juventude, o qual auxiliará na coordenação, “para que todos os objetivos sejam alcançados, de forma a oferecer oportunidade para que os adolescentes e jovens adultos tenham a possibilidade de um futuro saudável e seguro, longe do cruel mundo das drogas”. (Texto: Lilian Cury - Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página