Os juízes com competência criminal devem conferir o acervo e as informações relativas aos processos de presos provisórios até sexta-feira (6), data de término do Mutirão Carcerário/Prisional deste ano. O procedimento, descrito no Ofício Circular nº 106/2014 da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás, deve ser realizado de acordo com o relatório já disponibilizado no Sistema Controle da CGJGO por meio do ícone Sistemas Criminais e Infracionais/Controle de Prisão. A solicitação foi feita pelo juiz Wilton Müller Salomão, auxiliar da Corregedoria e coordenador do programa em Goiás.

A adoção da medida se deu em razão do aumento significativo dos processos referentes a prisões provisórias se comparados aos de 2013, quando ocorreu o último mutirão carcerário no Estado. Eventuais erros identificados no relatório devem ser informados para correção até o dia 6 na Diretoria de Tecnologia da Informação da Corregedoria pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Qualquer informação adicional ou questionamento devem ser esclarecidos pelo telefone 3216-2029. (Texto: Myrelle Motta – assessoria de imprensa da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás)

Fale conosco sobre esta página