Bandeirinhas, chapéus, pé-de-moleque, paçoquinha, canjica, curau de milho, pamonha, algodão doce e muito mais. Nesta quinta-feira (21), o expediente na Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás foi marcado pela alegria e, sim, por muito trabalho, afinal, quem disse que não se pode trabalhar com alegria?

 

site_Corregedoria_Curso_de_capacit_-_fotos_de_Wagner_Soares_016_red

Turma se diverte no embalo do arraiá!

Primando pelo bom relacionamento interpessoal, entusiasmo e descontração – tão importantes para a motivação de empregados e servidores em qualquer instituição – a farta mesa foi posta logo pela manhã, na Secretaria Executiva da CGJGO, com a decoração já pronta, alguns servidores vestidos a caráter, atendendo ao público e desenvolvendo suas atividades normalmente, mas com gostinho de amendoim, como não poderia deixar de ser. É... o arraiá de Nhá Beatriz teve bão demais da conta, sô!

site_Corregedoria_Curso_de_capacit_-_fotos_de_Wagner_Soares_020_red

Algodão doce deu o tom da alegria

Texto: Patrícia Papini

Fotos: Wagner Soares/Cecom-TJGO

Fale conosco sobre esta página