A sessão ordinária do Órgão Especial desta quarta-feira (23), presidida pelo vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Nicomedes Domingos Borges, marcou a despedia da desembargadora Elizabeth Maria da Silva da Corte Especial, após um período de quatro anos. “Quero ressaltar a todos que hoje é o último dia da desembargadora Elizabeth e faço questão de agradecê-la por ter integrado esta Corte e por ter prestado um excelente trabalho”, disse Nicomedes Domingos Borges. 

A atuação da desembargadora na Corte também foi registrada pela procuradora de Justiça Ana Cristina Ribeiro Peternella França e pelo advogado presente para sustentação oral, Dyogo Crosara. “Quero aqui fazer esse reconhecimento público pelo seu trabalho, inteligência e seu compromisso e busca pelo ideal de Justiça”, elogiou a procuradora. “Sua atuação honra a magistratura goiana”, acrescentou Crosara.

“Vossa Excelência engrandece e qualifica essa Corte e fará muita falta”, destacou o desembargador Luiz Cláudio Veiga Braga.

Ao final, a desembargadora Elizabeth Maria da Silva fez uma avaliação dos quatro anos que atuou na Corte. “Foi uma honra compor o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, o Poder Judiciário ao qual eu pertenço. Aqui eu pude me doar ainda mais, aprofundando nos estudos, no conhecimento, porque foram quatro anos de aprendizado. Eu levo um profundo conhecimento e uma gratidão muito grande aos meus pares por terem confiado a mim essa missão de representar o plenário do Tribunal perante o Órgão Especial.”


 
Em substituição à desembargadora Elizabeth Maria da Silva, integrará a Corte o desembargador Marcus da Costa Ferreira, eleito na sessão do dia 25 de setembro. (Texto: Daniela Becker / Foto: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO).

 

Fale conosco sobre esta página