O 12º julgamento por homicídio do vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, que seria realizado nesta terça-feira (21), foi adiado a pedido do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO). A sessão foi remarcada para o dia 25 de agosto, conforme informou o juiz Eduardo Pio Mascarenhas, que preside o 1º Tribunal do Júri de Goiânia.

Desta vez, Tiago Henrique iria a júri popular pela morte de Beatriz Cristina Oliveira, ocorrida no dia 19 de janeiro de 2014, na Rua C-181, no Setor Nova Suíça. Consta da denúncia que vítima dirigia-se a uma panificadora da região quando foi abordada por um homem em uma motocicleta. Ele simulou um assalto e antes que a jovem tivesse qualquer reação levou um tiro no peito, morrendo no local.

É a segunda vez que o julgamento é adiado: a sessão seria realizada no dia 29 de abril, mas foi adiada também a pedido do órgão ministerial. Na solicitação, a promotoria de justiça destacou a necessidade de prolação pelo fato de que uma mídia eletrônica foi juntada posteriormente aos autos. (Texto: Lilian Cury / Foto: Aline Caetano – Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página