O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Ney Teles de Paula, participou, na noite desta segunda-feira (24), em Pirenópolis, da solenidade de abertura do Fórum de Planejamento, Estratégia e Gestão: Magistrados e Servidores Pensando o Futuro do Judiciário Goiano. O evento tem como objetivo promover a integração com foco no alinhamento estratégico e orçamentário do TJGO e planejar o orçamento 2014/2015.

Ney Teles de Paula lembrou que o fórum busca atender à recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no sentido de que os tribunais estaduais busquem traçar suas metas em alinhamento com as diretrizes nacionais. “Estamos todos aqui em busca de integração, que é o que espero de vocês: que troquem ideias, experiências entre si, entre servidores e magistrados; servidores e diretores; magistrados e diretores”, comentou.

A corregedora-geral da Justiça de Goiás, desembargadora Nelma Branco Ferreira Perilo (foto), destacou que, com a evolução da sociedade, foi necessário que o Poder Judiciário também passasse por um processo de modernização. “Movidos pela necessidade de aperfeiçoar, racionalizar e modernizar os serviços judiciais é que estamos aqui reunidos neste fórum. O nosso maior propósito é reconhecer os problemas e deficiências para, em seguida, discutir formas de racionalizar os recursos disponíveis a fim de atingirmos o objetivo maior, que é a melhor prestação jurisdicional possível", disse.
Já o juiz-auxiliar da Presidência do TJGO, Carlos Magno Rocha da Silva, afirmou que, atualmente, há 1,5 milhão de processos no primeiro grau de jurisdição. “Mesmo assim, nossos magistrados conseguem colocar o TJGO entre os melhores do Brasil”, analisou, para observar, em seguida, que o fórum visa promover a discussão e o conhecimento acerca de planejamento e estratégia para, assim, conseguir, cada vez mais resultados. “Temos um número de magistrados e servidores aquém de nossas necessidades e, mesmo assim, temos nos saído bem em nível nacional. Com planejamento, poderemos fazer ainda mais com o mesmo e até, quem sabe, mais com menos”, salientou.
Para o secretário de Gestão Estratégica, Leonardo Rodrigues de Carvalho, o fórum vai auxiliar na elaboração da Lei Orçamentária Anual de 2015 (LOA) e de sugestões de propostas para o Planejamento Estratégico 2015/2020. Segundo ele, o evento só é possível porque houve o esforço da Secretária de Gestão Estratégica, Secretária Geral da Presidência, Diretoria Geral, Diretoria de Recursos Humanos, Diretoria Financeira, entre outros parceiros “que se engajaram com o mesmo intuito, o de realizar um encontro onde juntos possamos alcançar os objetivos”.

Formato

Márcia Faiad, diretora de Recursos Humanos do TJGO, lembrou que o Tribunal deu condições para que os magistrados e servidores participassem do evento. “É um formato diferente. Vamos trabalhar com uma dinâmica onde magistrados e servidores juntos vão pensar o Poder Judiciário, com a possibilidade de deixar sugestões para futuras gestões”, destacou. 

Para o prefeito de Pirenópolis, Nivaldo Melo, o Poder Judiciário de Goiás tem sido uns dos melhores do Brasil e Pirenópolis tem presenciado a força do Tribunal de Justiça na figura dos juízes que atuam na comarca. “Estamos orgulhosos de sediar esse fórum. Tenho certeza que o povo goiano colherá frutos desse planejamento o mais rápido possível. O muito obrigado dessa cidade histórica, que tem uma gastronomia diferenciada e um povo receptivo e hospitaleiro”, finalizou. (Texto: Arianne Lopes e Patrícia Papini - Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO) 

Veja galeria de fotos

Fale conosco sobre esta página