9curso de madiaaoFoi encerrado, no domingo (6), o módulo teórico do Curso Básico de Mediação Judicial, promovido pela Escola Judicial do Estado de Goiás (Ejug) e o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), conforme a resolução 125/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O curso foi realizado no Centro Universitário de Goiás – Uni-Anhanguera, onde está instalado o 6º Centro Judiciário de Solução de Conflitos.

O curso foi dividido em três turmas de 24 alunos e ministrado pelos instrutores em mediação e conciliação Ana Carolina Morais Garcia, Regina Maria de Albuquerque Franco Ramos, Luiz Antonio Ferreira Pacheco, Fernanda Duarte da Costa Valadares, Ingrid Gonzaga de Paula, Thaynara Teleste e Souza, Marielza Nobre Caetano da Costa, Lucilenny Nunes e Celma Laurinda de Freitas, todos devidamente formados pelo Conselho Nacional de Justiça.
Dentre os alunos encontravam-se servidores da Secretaria de Gestão e Estratégia, do 9º Juizado Especial Cível de Goiânia, das Varas de Famílias deste Tribunal de Justiça, bem como, conciliadores experientes do 1º e 2º Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Goiânia e professores do Uni-Anhanguera.
Para estarem habilitados como mediadores, os alunos ainda deverão realizar o estágio supervisionado em dez audiências de mediação de casos reais, mais 60 horas de estágio autossupervisionado, elaborar relatório das audiências e ser aprovado pelo seu respectivo instrutor. Durante o curso foram arrecadados 130 quilos de alimentos não-perecíveis que serão doados para o Centro de Valorização da Mulher (Cevam). (Texto: Diandra Fernandes – estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página