Primando pela solidariedade e pela valorização do ser humano, magistradas e magistrados, servidoras e servidores que integram a Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás se uniram para levar um pouco de alento a quem mais necessita com a doação de quase 300 cestas básicas (288 no total) que serão destinadas à 2ª edição da Campanha Solidária-2021 do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), beneficiando, assim, pessoas atendidas por instituições e entidades escolhidas e cadastradas no Poder Judiciário que estão passando por situação de extrema necessidade devido à pandemia da Covid-19.

A entrega oficial foi feita na tarde desta quarta-feira (15) pela secretária-geral da CGJGO, Helenita Neves de Oliveira e Silva, que, na oportunidade, representou o corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, pela juíza auxiliar da Presidência, Sirlei Martins da Costa, na ocasião representando o presidente do TJGO, desembargador Carlos França. Também estavam presentes na entrega das cestas básicas a secretária-geral da Presidência do TJGO, Dahyenne Mara Martins Lima Alves, a diretora de Recursos Humanos do TJGO, Wanessa Alves, e a servidora da CGJGO, Adriana de Carvalho Ferreira.

Embora não tenha estado presente no momento da doação, devido a compromissos institucionais, o corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, fez questão de deixar uma mensagem enaltecendo a iniciativa, reforçando a parceria com a Presidência do TJGO e agradecendo a todos os magistrados, servidores e advogados pelo gesto solidário e de grande empatia.

“Nosso sentimento é de gratidão por essa corrente do bem, uníssona, imbuída de um espírito de união, amor e compaixão pelo próximo. A doação das cestas básicas para a campanha do TJGO por parte dos magistrados e servidores da Corregedoria, bem como de colegas da advocacia, que nos surpreendeu positivamente por ser de natureza externa, é uma demonstração de solidariedade e humanidade sem precedentes. A cada um de vocês, envolvidos neste projeto de doação, no sentido literal da palavra, aos que estão em situação de vulnerabilidade e extrema necessidade, especialmente em razão da pandemia da Covid-19, todo o meu reconhecimento, respeito, carinho e agradecimento sincero”, realçou o corregedor-geral.

Conforme a juíza auxiliar da Presidência, Sirlei Martins da Costa, várias pessoas e instituições serão beneficiadas por meio dessa doação. "O nosso objetivo é contemplar o maior número de pessoas, que neste momento sofrem as consequências da pandemia, como desemprego e dificuldades econômicas", salientou a magistrada.

Comovida com a atitude de generosidade e altruísmo das equipes da CGJGO, a secretária-geral da Corregedoria, Helenita Neves, também manifestou seu agradecimento especial pela ação, enfatizando sua importância para a sociedade diante do cenário pandêmico. “Todos precisamos fazer a nossa parte nesse momento tão complexo e esse alinhamento com a Presidência do TJGO contribui para que iniciativas dessa natureza alcancem cada vez mais pessoas. Obrigada a todos os componentes da Corregedoria pela disposição e desprendimento na doação das 288 cestas básicas para essa campanha linda de grande envergadura social”, frisou.     

Meta 1

Esta ação, de natureza eminentemente social, impacta diretamente na Meta 1 da CGJGO, que prevê a implementação e o aprimoramento de 10 iniciativas institucionais voltadas para o acesso à Justiça e promoção do exercício da cidadania, responsabilidade social e ambiental. (Texto: Myrelle Motta – Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás/Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO/Edição de imagens: Acaray Martins - Centro de Comunicação Social do TJGO)