Um dos maiores atos de amor incondicional que representa a abertura do coração e da mente para o acolhimento de um outro ser humano, abrigando-o no seio de uma família, é, sem dúvida, a adoção. Contudo, todo esse processo demanda preparação, serenidade e imensa capacidade de compreensão de todas as vertentes que envolvem esse contexto tão delicado e complexo. Atenta e sensível a este fator a Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, por meio da Divisão Interprofissional Forense e da Comissão Judiciária Estadual de Adoção (Cejai), juntamente com a Coordenadoria da Infância e Juventude e a Escola Judicial de Goiás (Ejug), tem promovido, no formato on-line devido à pandemia da Covid-19, o Curso de Preparação Psicossocial e Jurídica para Pretendentes à Adoção que alcançou nos últimos seis meses quase 800 pessoas interessadas em adotar uma criança/adolescente, em apenas três edições.

Visando especialmente a necessidade de assegurar a equânime distribuição de mandados entre os oficiais de Justiça lotados nas diversas comarcas e atendendo ao princípio da economicidade, o que impõe a uniformização de mandados expedidos em processos contemplados pela gratuidade da justiça ou criminais, foi assinado, na última sexta-feira, 22, pelo corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, e pelo presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Carlos Alberto França, o Provimento nº 1.

O aprimoramento da atividade judiciária, a otimização da comunicação e o dinamismo na destinação dos atos são focos da atual gestão da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, que tem à frente o desembargador Nicomedes Domingos Borges. Nesse contexto, com a finalidade de auxiliar os destinatários dos ofícios circulares, o órgão censor, de forma inédita, passará a expedir os atos de forma simplificada e objetiva com recursos de Visual Law, agilizando, assim, a compreensão dos documentos. 

Em uma interatividade ímpar com o engajamento maciço de magistrados servidores, o Encontro Regional On-line, que nesta 10ª edição contemplou a 12ª e a 13ª Regiões Judiciárias, cujas comarcas Polo são Porangatu e Uruaçu, terminou de forma exitosa nesta sexta-feira, 22, com quase mil participações, número que engloba as 11 capacitações ministradas durante o evento. A promoção é da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás em parceria com a Escola Judicial de Goiás.