A Diretoria de Informática orienta aos magistrados e servidores do Poder Judiciário goianoa que vão trabalhar remotamente. Seguem as instruções:

1) Equipamentos de TI
a.Os equipamentos que o usuário utiliza no trabalho poderão ser levados para o seu novo local de trabalho. O responsável pela unidade deverá preencher a Ficha de Transmissão Nominal, relacionando todos os equipamentos e seus respectivos números de patrimônio e o usuário que ficará responsável por eles. O documento deverá ser encaminhado à Diretoria Administrativa, via Proad.
b. Os equipamentos deverão ser manuseados (removidos e instalados no novo local) pelo usuário que ficar responsável pelo patrimônio.

2) Acesso ao Projudi e ao Proad
a. O acesso ao sistema Projudi e ao Proad podem ser realizados diretamente pela internet, não sendo necessária qualquer autorização ou configuração.
i.Projudi - https://projudi.tjgo.jus.br/
ii. Proad - https://proad.tjgo.jus.br/proad/login/login

3) Videoconferência
a. Existem várias plataformas gratuitas de videoconferência, por meio da internet. Sugerimos a utilização do Talky (https://talky.io/).
i.Manual de Utilização do Talky: veja o tutorial completo

4) Acesso à Intranet e à Pasta Compartilhada – Shared
a. O responsável pela unidade deverá encaminhar os nomes dos servidores que irão necessitar acessar a intranet e a pasta compartilhada (shared), por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O e-mail será respondido com a liberação e o manual de configuração, para que o usuário realize o procedimento na máquina que irá utilizar.

5) Responsabilidade Patrimonial
a. os servidores que levarem os equipamentos utilizados no trabalho deverão possuir duas vias da Ficha de Transmissão de Responsabilidade Patrimonial, constando o número do PROAD autuado pelo Responsável Patrimonial, sendo que uma das vias deverá ser entregue ao Vigilante durante a saída das dependência deste Poder.

Fale conosco sobre esta página