Na última terça-feira (28) foi implantado o Programa Justiça Educacional: “Cidadania e Justiça Também se Aprendem na Escola” na comarca de Uruaçu. De acordo com a coordenadora do projeto na 13ª Região Judiciária, juíza Geovana Mendes Baía Moisés, “se tivermos cidadãos com formação moral e obedientes a esses princípios, com certeza teremos menos demandas judiciais, menos conflitos, repousando aí o ponto comum nesta parceria”.


A ação será levada a 422 alunos da rede municipal de ensino e é iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), em parceria com a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e secretaria municipal de educação. Alunos e professores do 4º ao 6° ano do ensino fundamental da rede pública de Uruaçu irão conversar com juízes sobre questões relativas à Justiça e à cidadania.

A secretária do programa, Elizabeth Alvares Dutra Morisson, representou o coordenador do programa, juiz-auxiliar da presidência Donizete Martins de Oliveira. Elizabeth afirmou que a ação atende a Meta 4, de 2011 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Meta 6 do Planejamento Estratégico 2011/2013, do TJGO, que visa implantar programa de esclarecimento ao público sobre funções, atividades e órgãos do Poder Judiciário.

O evento, realizado no auditório do Tribunal do Júri da comarca, teve a presença dos promotores de justiça de Uruaçu, Afonso Gonçalves Filho e Alessandra Silva Caldas Gonçalves; do presidente da subseção da OAB local, Rodrigo Rodolfo Fernandes; entre outras autoridades. Também participaram da implantação alunos, diretores e coordenadores das seis escolas municipais participantes do projeto: Escola municipal Enéas Fernandes de Carvalho, Escola Municipal Oscar Barroso de Souza, Escola Municipal Vilanir de Alencar Camapum, Escola Municipal Feliciano Custodio de Freitas, Escola Municipal João de Jesus Antunes e Escola Municipal Evangélica Presbiteriana II . (Texto: Carolina Diniz - estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO / Fotos: comarca de Uruaçu)

Saiba mais:

Publicado decreto que cria o Programa Justiça Educacional em Goiás

Fale conosco sobre esta página