O juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 1ª Vara Criminal de Goiânia, acatou o parecer do Ministério Público estadual e determinou a redistribuição, da Vara de Crimes Dolosos para uma Vara de Reclusão, dos autos de quatro homens indiciados por agressão a um torcedor do Goiás.

O MP entendeu que os indiciados não tiveram a intenção homicida e devem responder pelos atos praticados.

Após saírem de uma partida de futebol entre os times do Goiás e Atlético Paranaense, que ocorreu na noite de 15 de setembro, os quatro homens resolveram agredir, atirar e subtrair as vestimentas do torcedor do Goiás, Marcos Vinícius Silva Souza. Apesar do espancamento, a vítima não morreu e os agressores foram presos em flagrante portando seis bonés, cinco aparelhos celulares e várias vestimentas. (Texto: Juliana Jácome – estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO).

Fale conosco sobre esta página