O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos França, designou o juiz Everton Pereira Santos para atuar no Programa de Auxílio e Aceleração de Julgamento da Capital (NAJ 1-Capital) e auxiliar a 20ª Vara Cível da comarca de Goiânia, de 26 de janeiro até 3 de fevereiro de 2023. A designação do magistrado consta do Decreto Judiciário nº 228/2023, e é sem prejuízo da atuação na unidade judiciária de sua titularidade, 25ª Vara Cível de Goiânia. O expediente foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico, Edição nº 3641, Suplemento, Seção I. (Texto: Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)

O Programa Acelerar – Mutirão Previdenciário que acontece de 23 a 31 deste mês de janeiro nas comarcas de Acreúna, Caiapônia, Maurilândia, São Miguel do Araguaia e Porangatu tem a participação de quatro juízas e dois juízes, designados pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos França, por meio do Decreto Judiciário nº 199/2023.

A juíza Placidina Pires, da 1ª Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e de Lavagem de Capitais, condenou oito integrantes de uma facção criminosa que praticavam crimes de tráfico de drogas e homicídios na região Noroeste de Goiânia. As investigações comprovaram que o líder da facção criminosa, Estácio Azambuja, de dentro da cadeia teria ordenado a execução de dois dos membros da facção dele, sendo que um estaria repassando informações para a polícia. A magistrada entendeu que o vasto acervo probatório se revelou suficiente para a comprovação de que os réus integraram a referida organização criminosa, voltada para as práticas dos crimes.

Em virtude da transferência do feriado municipal em homenagem ao Dia da Instalação da comarca de Goianápolis, do próximo dia 31 para o dia 27 de janeiro de 2023, o Poder Judiciário local acompanhará a deliberação da autoridade municipal, com a consequente suspensão do expediente forense e dos prazos processuais, nesta sexta-feira (27). A determinação consta do Decreto Judiciário nº 230/2023, com publicação nesta quinta-feira (26), no Diário da Justiça Eletrônico, Edição nº 3641, Suplemento, Seção I. (Texto: Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)


  •    

    Ouvir notícia: