Os inscritos nos concursos públicos destinados aos provimentos dos cargos de contador, distribuidor e partidor judiciário I e oficial de justiça-avaliador judiciário I da comarca de Santa Terezinha de Goiás farão as provas de múltipla escolha e discursiva no dia 14 de abril. Os testes serão aplicados no Colégio Estadual Santa Terezinha, localizado na Rua Pastor Álvaro, esquina com a Avenida Dona Dita, nº 25, ao lado da CELG, Centro.

De acordo com o edital de convocação para estas provas, publicado nesta quarta-feira (14) no Diário da Justiça Eletrônico do TJGO, das 8 às 12 horas farão os testes os 17 candidatos a vaga única de contador. Das 13 às 18 horas, será a vez dos 120 inscritos para as duas vagas de oficial de justiça.

A diretora do Foro de Santa Terezinha de Goiás e presidente da abanca examinadora dos certames, juíza substituta Vívian Martins Melo, observa que os candidatos deverão comparecer ao local das provas com 30 minutos de antecedência, munidos de carteira de identidade, comprovante de inscrição e caneta esferográfica preta ou azul. (Texto:Lílian de França/Centro de Comunicação Social do TJGO)

O juiz Ari Ferreira de Queiroz, da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia, negou liminar proposta pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) que pediu imediatamente o afastamento do coronel Edson Araújo do cargo de comandante-geral da Polícia Militar do Estado.

Entreou em vigor, nesta quarta-feira (13), o Decreto Judiciário nº 642/2013, que disciplina a composição das Turmas Recursais do Sistema de Juizados Especiais do Poder Judiciário do Estado de Goiás.

Por unânimidade de votos, a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) reformou sentença proferida pela 2ª Vara Cível da comarca de Itumbiara para determinar a suspensão dos direitos políticos da secretária municipal de Educação, Heloísa Dias Borges Maciel, e o diretor da Escola Agrícola Antônio Luiz Alves Pequeno, José Alan Kardec de Faria, por três anos.

Fale conosco sobre esta página