O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos Alberto França, declarou aposentado voluntariamente o magistrado Ney Teles de Paula no cargo de desembargador do Poder Judiciário do Estado de Goiás. O ato foi efetivado pelo Decreto Judiciário nº 692/2021. Ney Teles foi presidente do TJGO no biênio 2013/2015, e atualmente atuava como membro da 3ª Câmara Cível do TJGO e integrava a Comissão de Memória e Cultura.

Na Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (biênio 2013/2015), o desembargador Ney Teles de Paula promoveu uma semana de atividades em comemoração aos 140 anos do Poder Judiciário goiano - o Tribunal da Relação de Goiás foi instalado no dia 1º de maio de 1874 na cidade de Goiás, então capital do Estado. Foi o oitavo a ser estabelecido no País. Na oportunidade, Ney Teles afirmou: “A decisão de promover as comemorações dos 140 anos do TJGO não se baseou apenas na tradição e história do Judiciário goiano, mas sobretudo na sua importância para a sociedade”.

Ney Teles de Paula começou na magistratura em 7 de março de 1978 como juiz adjunto (denominação da época) da comarca de Goiânia. Um ano depois foi para a comarca de Caiapônia, e, em seguida, para as comarcas de Panamá, Bom Jesus, Jataí, e, novamente, Goiânia. Em 26 de janeiro de 2001, Ney Teles assumiu o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás.

Nos anos de 2009 e 2010, o desembargador Ney Teles de Paula exerceu, respectivamente, os cargos de vice-presidente (com acúmulo do cargo de corregedor eleitoral) e presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). À frente da Justiça Eleitoral, ele foi o responsável por incluir Goiânia entre as duas primeiras capitais do País a realizar o cadastramento biométrico de seus eleitores.

Engrandeceu o Poder Judiciário goiano

Para o presidente do TJGO, desembargador Carlos Alberto França, Ney Teles de Paula dignificou e engrandeceu o Poder Judiciário goiano em sua participação como magistrado julgador, magistrado gestor e nas diversas áreas em que atuou. “Enalteço a brilhante atuação do desembargador Ney Teles de Paula no âmbito do Poder Judiciário goiano, no qual, com extrema dedicação e esmero, atuou por mais de 43 anos, contribuindo para a efetiva prestação jurisdicional”, ressaltou o chefe do Poder Judiciário.

O desembargador Carlos França destaca a importância da gestão de Ney Teles à frente do TJGO na preservação da memória do Poder Judiciário do Estado de Goiás, “a exemplo da solenidade de comemoração dos 140 anos deste Tribunal de Justiça”, citou.

Natural de Piracanjuba, Ney Teles de Paula nasceu em 30 de maio de 1949. Antes da magistratura, trabalhou na antiga Cohab, na Prefeitura de Goiânia, Iquego e Palácio das Esmeraldas. Como divulgador da cultura goiana, Ney Teles de Paula escrevia nos principais jornais goianos e mantinha programa cultural na Rádio Riviera, de Goiânia. Membro da Academia Goiana de Letras (AGL) e do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, Ney Teles é autor de diversas obras literárias. É filho de Guilherme Siqueira de Paula e Dulce Gonçalves de Siqueira. (Texto: Bruno Rocha/ Foto: Wagner Soares- Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página