Com foco e prioridade na qualificação dos magistrados e magistradas do Estado de Goiás, a Presidência do Tribunal de Justiça, conjuntamente com a Escola Judicial de Goiás (Ejug), promove no dia 24 de junho, às 10 horas, o seminário Responsabilidade Civil - Fixação do Dano Moral. Durante a conferência, que será realizada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, com metodologias expositivas e interação entre os participantes e o palestrante, serão debatidos aspectos da responsabilidade civil, notadamente a fixação do dano moral. O seminário será realizado na modalidade híbrida – presencial, na sede do TJGO, e telepresencial, com transmissão pela plataforma da Academia Brasileira de Formação e Pesquisa (ABFP), que também é parceira na realização do evento, e responsável pela emissão do certificado de participação.

O seminário faz parte de um ciclo de palestras que terá eventos mensais e que tem o objetivo do compromisso com a valorização e com o desenvolvimento das magistradas, magistrados, servidoras e servidores do Judiciário goiano, mediante o desenvolvimento de competências, disseminando, alinhando, contextualizando, aprofundando e atualizando conhecimentos e práticas inerentes à dinâmica do Judiciário. A expectativa é instituir ambiente de aprendizagem organizacional e também de aprimoramento da atividade jurisdicional, com a atualização do conhecimento sobre legislação, normativas e jurisprudências, dentre outras, favorecendo a modernização dos serviços judiciários e qualificando os julgamentos.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Carlos França, ressalta a importância da realização do ciclo de palestras na promoção do constante aprimoramento profissional das magistradas, magistrados, servidoras e servidores, "o que irá refletir na elevação do padrão de desempenho dos serviços do Judiciário prestados à sociedade, uma prioridade da gestão do TJGO", afirmou Carlos França.

O limite de participação presencial na palestra é de cinquenta pessoas, sendo que o público-alvo para essa modalidade de participação consiste em desembargadores, juízes substitutos em 2.º grau, bem como juízes auxiliares da Presidência do TJGO e da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás (CGJGO). Os interessados devem indiciar nome, CPF, telefone e e-mail para o endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Clique aqui para se inscrever no seminário.

Paulo de Tarso Vieira Sanseverino 

Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde 2010, é graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Mestre e doutor pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É magistrado de carreira desde 1986. Atuou como desembargador no Judiciário gaúcho de 1999 a 2010. É professor em cursos de pós-graduação e mestrado na Fundação Escola Superior do Ministério Público do Distrito Federal e no Instituto Brasiliense de Direito Público, além de autor de livros, artigos jurídicos e palestrante. (Texto: Carolina Dayrell – Centro de Comunicação Social do TJGO/ Foto- STJ)