A juíza da Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e de Lavagem de Capitais da comarca de Goiânia, Placidina Pires, condenou um dos principais líderes de grupo de facção criminosa, além de outros réus, pelos crimes de organização criminosa e comércio ilegal de armas de fogo. As penas superam a 13 anos de prisão.

A Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) integra, a partir desta quarta-feira (10), uma campanha promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que pretende incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas 5 mil farmácias do Estado de Goiás.

Em recente decisão, o juiz Sandro Cássio de Melo Fagundes, da 28ª Vara Cível da comarca de Goiânia, autorizou um hospital à  realização da imediata de transfusão de sangue em um paciente que se encontra internado na unidade, com suspeita de infecção por Covid-19. A tranfusão foi negada pelos familiares, por motivo de crença religiosa, “independentemente de assinatura de termo de consentimento”.

Os ofícios enviados a instituições bancárias pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) agora têm assinatura eletrônica com certificado digital. Desde a última semana, o novo procedimento passou a fazer parte da rotina das diretorias geral e financeira. Como principais benefícios estão a economia de tempo e dinheiro, evitando-se o deslocamento de pessoas, especialmente no atual momento de pandemia, assim como garantir agilidade e, principalmente, segurança contra falsificações.

Fale conosco sobre esta página