A prova objetiva do 55º concurso para juiz substituto do Estado de Goiás será aplicada para os 5.649 candidatos inscritos no próximo domingo (30), em dois prédios da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), na Área IV (1ª Avenida, esquina com Avenida Universitária, Setor Universitário) e Campus V (Avenida Fued José Sebba nº 1184, Jardim Goiás).

O banco Santander foi obrigado a retirar de Serviço de Proteção ao Crédito o nome de Paulo Pinto Silva. No entanto, em sua sentença, o juiz da 3ª Vara Cível de Goiânia, Joseli Luiz Silva, negou o pedido de indenização feito por Paulo, no valor de R$ 264,6 mil, por considerá-la como abusiva e indevida. Paulo realizou um empréstimo em 2009, no valor de R$ 2,4 mil, dividido em 12 parcelas de R$ 231.

Decidindo monocraticamente, o desembargador Carlos Alberto França reformou decisão da 1ª Vara Cível de Goiânia para determinar que seja feita a penhora on-line, pelo Bacenjud, de 10% dos proventos de aposentadoria de Newton Wandebergh Lopes Dutra. A decisão favorece o Sindicato dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás (Sindifisco).

O juiz substituto em segundo grau Maurício Porfírio Rosa anulou sentença de primeiro grau que negava o direito da empresa de Saneamento de Goiás (Saneago) cobrar suposta dívida. A decisão anterior foi cassada pois ficou comprovado que a Saneago não teve chance de apresentar dados suficientes que provassem que o cliente estava com débito no valor de R$ 4,1 mil, originário da prestação de serviços de água tratada e esgoto sanitário.

Fale conosco sobre esta página