Em tom de informalidade, uma das principais vertentes que norteiam os Juizados Especiais, o corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, abriu nesta segunda-feira (11), a Semana Estadual de Julgamentos Colegiados, no Fórum Cível de Goiânia. O objetivo precípuo desta semana é reduzir a taxa de congestionamento de processos em tramitação nas Turmas Recursais dos Juizados Especiais. A coordenação é da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, responsável pelas questões afetas ao primeiro grau de jurisdição, cujo magistrado responsável é o juiz Aldo Guilherme Saad Sabino de Freitas, auxiliar da CGJGO.

Não haverá expediente forense na quinta-feira (14), na comarca de Joviânia, em razão do feriado em comemoração à emancipação política do município (Lei nº 623/1995).

O juiz Eduardo Perez Oliveira e as equipes do Núcleo de Apoio Técnico do Judiciário (Nat-Jus) e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Saúde (Cejusc da Saúde) participaram de oficina de treinamento do Hospital Sírio-Libanês sobre o e-NatJus. O curso foi realizado na última quinta-feira (7), das 9 às 17 horas, em Goiânia.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes, designou três juízes da capital e mesmo número de comarcas do interior para, de 25 a 29 de novembro, prestarem auxílio no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Goiânia, durante a 15ª edição do Programa Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa.

Fale conosco sobre esta página