Com o intuito de aprimorar atividades voltadas à segurança de todos aqueles que compõem o Poder Judiciário do Estado de Goiás, integrantes da Comissão Permanente de Segurança do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) participarão nesta segunda e terça-feiras (25 e 26) do Seminário Políticas Judiciárias e Segurança Pública, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília (DF). Estarão presentes ao evento os juízes Donizete Martins Oliveira, auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás, Paulo César Alves das Neves, diretor do Foro de Goiânia, vice-presidente de Política Remuneratórias da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e que na ocasião  representará o presidente da comissão, desembargador Gerson Santana Cintra, e Átila Naves Amaral, representante da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego).  

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Walter Carlos Lemes, participa em São Paulo, nesta sexta-feira (22) e sábado (23), do Encontro de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil. Estão reunidos os magistrados responsáveis pela gestão dos Tribunais de diversos Estados da Federação e do Distrito Federal, com o objetivo de compartilhar experiências, fomentar inovação e estreitar cooperação institucional de modo que o evento possa contribuir para o aprimoramento jurisdicional em todo o País.


A Diretoria do Foro da comarca de Porangatu informa que está sem telefone temporariamente. E que não há previsão para a normalização do serviço.(Texto: Centro de Comunicação Social)

Alessandra Fiusa das Neves, suspeita de matar a filha de 1 ano e depois atear fogo no corpo, continuará presa. O juiz Eduardo Pio Mascarenhas da Silva, da 1ª Vara Criminal dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Júri da comarca de Goiânia, converteu nesta sexta-feira (22), a prisão da mulher em preventiva. A audiência de custódia foi realizada no Fórum Criminal.

Fale conosco sobre esta página