Uma corrente de oração de todos os servidores da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás como forma de agradecimento pela união de esforços em prol das pessoas carentes do Estado (adultos, adolescentes e crianças) marcou o lanche oferecido, na manhã desta terça-feira (23), pela Diretoria de Recursos Humanos do Tribunal de Justiça de Goiás aos integrantes do órgão. O momento de descontração se deu em razão da Corregedoria ter alcançado o primeiro lugar na arrecadação de chocolates (caixas e sacos de bombons, bem como ovos de páscoa) durante a campanha Páscoa Solidária, promovida e encabeçada pela Diretoria de Recursos Humanos do TJGO.

Representando o corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, o juiz Algomiro Carvalho Neto, auxiliar da Corregedoria, que também falou em nome da esposa do corregedor-geral Regina Célia de Miranda Maciel, principal incentivadora da arrecadação dos chocolates na CGJGO, lembrou o tempo da Páscoa e o seu verdadeiro significado que, a seu ver, está na prática do amor fraterno, da solidariedade e da benignidade, no qual cada ser humano deve se desprover do egoísmo. “Ainda estamos no período de Páscoa, o mesmo em que foi celebrada a liberdade do povo de Israel. Contudo, para sermos livres no sentido literal da palavra é preciso revestir o coração de bons sentimentos, exercer a caridade, propiciar alegria para todos aqueles que tem menos recursos materiais que nós. Deixo externada, neste momento, em nome do corregedor-geral e da sua esposa, toda a nossa gratidão pelo apoio de vocês nessa campanha. A vitória não é nossa, é de cada pessoa necessitada que ganhou um desses chocolates e pôde desfrutar de um momento mais doce em suas vidas, o que é muito, para quem não tem nada”, pontuou, dirigindo-se aos servidores da CGJGO. 

Segundo o magistrado, este tipo de ação jamais deve ser vista como uma forma de competição, já que o empenho e a dedicação dos servidores que integram a Corregedoria, também representam a família do Poder Judiciário como um todo. “Sem a união de todos, iniciativas como essa jamais seriam possíveis e hoje estamos aqui não apenas representando nossa unidade, mas todo o Judiciário, todos aqueles que ajudaram nessa bela campanha, que se envolveram com cada detalhe, como a própria Diretoria de Recursos Humanos do TJGO e os servidores de outros setores da Justiça”, acentuou.
 
Forte cunho social

A diretora da Divisão de Alocação e Atendimento ao Servidor da DRH, Teresa Cristina Sá Araújo, que coordenou a campanha deste ano e esteve presente ao café da manhã, destacou a atuação da Corregedoria na Páscoa Solidária e falou sobre o número expressivo de contribuições de todas as áreas do TJGO, que reuniu kits de chocolates distribuídos para várias instituições sociais da capital. “Só temos a agradecer a participação de todos os servidores, especialmente da Corregedoria, nessa campanha tão bonita e de forte cunho social”, enfatizou. Participaram também do café da manhã os juízes Donizete Martins de Oliveira e Aldo Guilherme Saad Sabino de Freitas, auxiliares da Corregedoria, o secretário-geral da CGJGO, Rui Gama da Silva, bem como diretores de área e servidores da unidade em geral. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás/Fotos: Wendell Reis - Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página