Buscar por notícias

Calendário de Notícias

Outubro 2017
S T Q Q S S D
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5
 

Notícias do TJGO

Caso Mateus: Auditoria Militar começa a ouvir testemunhas arroladas pelo MP

9 just. militar-caso mateus-ws 023O juiz Gustavo Assis Garcia, da Auditoria Militar do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), iniciou, nesta quarta-feira (9), a audiência de instrução no caso do estudante Mateus Ferreira da Silva, atingido pelo capitão da Policial Militar Augusto Sampaio de Oliveira Neto durante manifestação da Greve Geral, em 28 de abril.

Nesta primeira fase da audiência, foram ouvidas as testemunhas arroladas pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO). Foram intimadas seis pessoas, sendo elas a própria vítima, três testemunhas civis e dois policiais. Porém, o advogado de Mateus pediu que ele seja ouvido no mês que vem, já que está em viagem. O pedido foi acatado.

9 just. militar-caso mateus-ws 015Na segunda fase, que será marcada após o depoimento da vítima, serão ouvidas as testemunhas arroladas pela defesa e, somente depois, o acusado será chamado a depor. Augusto Sampaio está sendo acusado de lesão corporal gravíssima. Após concluir a oitiva das testemunhas e do réu é que a ação penal será apreciada pelo juiz singular.

A denúncia

A Justiça Militar de Goiás recebeu denúncia relativa à ação penal proposta pelo MPGO na Justiça Militar contra o capitão Augusto Sampaio de Oliveira Neto pela prática do crime de lesão gravíssima, por atingir o estudante Mateus Ferreira da Silva durante uma manifestação no Centro de Goiânia. O golpe de cassetete no rosto do estudante provocou traumatismo cranioencefálico, com múltiplas fraturas na face e fratura da omoplata.

Consta da denúncia que “o instrumento utilizado na agressão foi danificado e deixado pelo indiciado no local dos fatos, motivo pelo qual foi impossível realizar exame pericial no objeto”. Extrai-se ainda que a vítima foi conduzida por outros manifestantes, em uma maca improvisada, até uma unidade móvel de atendimento emergencial. Ele ficou internado, inclusive em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por vários dias. (Texto: Gustavo Paiva / Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO)