Mais uma vez a integração e a aderência de servidores e magistrados foram a marca registrada do Encontro Regional On-line, que, nesta quarta-feira (30), alcança a 2ª Região Judiciária, cuja Comarca Polo é Aparecida de Goiânia. Este é o 11º Encontro Regional, o quinto no formato on-line, realizado pela Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás em parceria com a Escola Judicial de Goiás (EJUG), na gestão do desembargador Kisleu Dias Maciel Filho. Somente na abertura das atividades o evento teve 230 participantes. 

Buscando sempre o aprimoramento da atividade jurisdicional, o juiz Aldo Guilherme Saad Sabino de Freitas, auxiliar da CGJGO, coordenador do Encontro Regional e um dos próximos juízes auxiliares da Presidência a integrar a equipe do desembargador Carlos Alberto França, eleito presidente do TJGO para o Biênio 2021/2023, procedeu a abertura do Encontro Regional On-line explicando que a Corregedoria tem procurado trazer o que há de melhor aos magistrados e servidores com as contínuas capacitações, reuniões institucionais (inclusive no âmbito do Extrajudicial), ouvindo a população acerca das demandas e dificuldades de cada região, além de promover integração e sintonia entre todos os envolvidos. “Nos adequamos aos novos tempos, às novas tecnologias, para assegurar uma boa prestação jurisdicional. Esse novo formato do Encontro Regional, que ampliamos com um leque de qualificações, tem trazido resultados altamente positivos que se refletem na produtividade e grande adesão de magistrados e servidores”, pontuou.

Expressando satisfação em rever os colegas, o anfitrião do evento juiz Leonardo Fleury Curado Dias, diretor do Foro da Comarca de Aparecida de Goiânia, referendou as 20 unidades judiciárias que compõem a 2ª Região, cumprimentou em especial o juiz Aldo Sabino, que fez parte da sua turma para o concurso da magistratura, e destacou a importância da realização do Encontro Regional no ambiente virtual durante a vigência das medidas de isolamento social. “Com a pandemia o Judiciário preciso se reinventar e aderir a essas novas práticas de trabalho pelo meio eletrônico. Nunca poderíamos imaginar, por exemplo, que um dia presidiríamos uma audiência dentro das nossas casas. Contudo, essa experiência tem sido extremamente positiva", enfatizou.   

Experiente, o juiz Altair Guerra da Costa, que já participou de outros Encontros Regionais promovidos pela Corregedoria, principalmente enquanto atuava em Itumbiara, além de ser integrante da 3ª Turma Recursal dos Juizados Especiais e indicado para compor a equipe de juízes auxiliares da Corregedoria na gestão do desembargador Nicomedes Domingos Borges, eleito corregedor-geral para o Biênio 2021/2023, enalteceu o trabalho desenvolvido nesta gestão pela CGJGO, sob o comando do desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, e ressaltou a ampliação das atividades executadas durante o Encontro Regional, restrito, na época em que acompanhou, às audiências públicas para ouvir sugestões e críticas da comunidade local.

Gestão profícua e mudança de perfil

“É uma grande responsabilidade suceder uma gestão tão profícua e principalmente um colega como o juiz Aldo Sabino, uma referência em termos de dinamismo, que faz a diferença por onde passa. Esse modelo do encontro evoluiu muito com a inserção das capacitações e com o auxílio de todos os profissionais visando o aprimoramento da prestação jurisdicional. Isso reflete uma mudança de perfil da Corregedoria, órgão censor visto antigamente como puramente disciplinar. No entanto, com tantas mudanças positivas ao longo dos anos, sua atuação é bem mais ampla, já que hoje sua natureza é orientativa, de formação, de auxílio”, acentuou.

Para Altair Guerra, o período da pandemia da Covid-19 tem sido também de grande aprendizado e uma demonstração clara de que o trabalho não é estritamente presencial, pois existem outras formas eficientes de se produzir com a mesma qualidade, com índices até mais elevados, conforme mostram todas as estatísticas (locais e nacionais do próprio Conselho Nacional de Justiça) sobre a produtividade do Poder Judiciário durante o teletrabalho e o isolamento social. “São lições que devemos assimilar com as novas soluções tecnológicas adotadas, por esse motivo também a orientação e a capacitação são tão importantes. O trabalho que precisamos implementar é desafiador, daremos continuidade a uma gestão de sucesso, sempre buscando a evolução”, realçou.

Participaram também das atividades deste primeiro dia Rui Gama da Silva, secretário-geral da CGJGO, a assessora jurídica Helenita Neves de Oliveira e Silva, futura secretária-geral da Corregedoria para o biênio 2021/2023, Clécio Marquez, diretor de Planejamento e Programas da Corregedoria e que conduziu os trabalhos, Wanessa Oliveira Alves, diretora de Recursos Humanos do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, além de magistrados e servidores da 2ª Região Judiciária.

A 2ª Região Judiciária, além de Aparecida de Goiânia, abrange as seguintes comarcas: Anicuns, Araçu, Bela Vista de Goiás, Cromínia, Edéia, Firminópolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Jandaia, Nazário, Nerópolis, Palmeiras de Goiás, Piracanjuba, Senador Canedo, Trindade, Turvânia e Varjão.


Painel motivacional: momento reflexivo


Tempos de reflexão e ferramentas de estímulo e alento durante o período de trabalho remoto e isolamento social é o que propõe o painel motivacional apresentado nos Encontros Regionais On-line pelas servidoras Daniela Botelho e Patrícia Magalhães, integrantes da Diretoria de Recursos Humanos (DRH) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. Abordando o tema “Todos Somos líderes - Como liderar com eficiência e sensibilidade em tempos de pandemia”.

Técnicas de relaxamento, apresentação de vídeo inspirador, autogestão, maneiras diversas de lidar com o stress no home office, atitudes positivas diante dessa situação delicada vivenciada por servidores e magistrados fizeram parte do painel. Com o aumento da sobrecarga de trabalho e o acúmulo de tarefas pessoais em razão da pandemia, Daniela falou um pouco sobre a importância de se focar no momento presente e tentar equilibrar as emoções. “Com o excesso de informações e a constante ansiedade inerentes deste momento complexo muitas pessoas estão adoecendo emocionalmente. Por esse motivo, é importante a inteligência emocional. A autogestão é justamente levar inteligência às emoções, ter resiliência. Esse equilíbrio não é fácil, mas deve ser aperfeiçoado todos os dias”, instruiu.

Outro método utilizado pelas servidoras na exposição foi o mindfulness, considerada a prática de se estar no momento presente da maneira mais consciente possível, o que significa estar atento a cada movimento, situação, respiração. “É preciso deixar de lado as distrações, reconhecer calmamente os sentimentos, pensamentos e sensações corporais. Desta forma, será possível ouvir e viver plenamente a situação presente”, exemplificaram.


Capacitações e esforço concentrado

Pela manhã ocorreram capacitações em Processo Judicial Cível (PJD) – avançado, Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc), e Contadoria. Já no período da tarde os aprimoramentos tiveram continuidade com o PJD Cível (avançado) - Ferramentas e Estratégias para uma Gestão Eficiente e sobre o PROAD, totalizando a expressiva marca de 472 capacitandos.

O Encontro Regional On-line é um desdobramento do Programa Encontro Regional, até então realizado presencialmente em cada região judiciária agraciada com o evento. No entanto, com a pandemia da Covid-19 e a implementação do trabalho remoto no âmbito do Poder Judiciário a CGJGO deliberou pela realização do evento no formato on-line. Todos os esforços e recursos digitais foram empreendidos para que o encontro pudesse ser realizado por videoconferência em ambiente totalmente virtual.

O evento está sendo realizado pela plataforma eletrônica “Zoom Meetings”, ferramenta de videoconferência voltada para ambientes corporativos, que suportam reuniões com múltiplos participantes. A coordenação está sob a responsabilidade da Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO, a qual conta com o eventual suporte da Diretoria de Tecnologia da Informação. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da CGJGO/Edição de arte: Hellen Bueno - Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO)

Fale conosco sobre esta página