Diante do cenário pandêmico, o ano de 2020, sem dúvida, tem sido de alinhamento à exigência destes novos tempos, de soluções mais simplificadas, da utilização do uso de recursos tecnológicos e de grandes desafios para a Justiça como um todo. O Dia da Justiça, estabelecido através do artigo 5º do Decreto de Lei nº 1.408, de 9 de agosto de 1951, tem o objetivo de homenagear o Poder Judiciário brasileiro e todos os profissionais responsáveis em fazer com que a Justiça seja cumprida com presteza e imparcialidade.

Embora sem os tradicionais eventos comemorativos, essa data, de tamanha relevância institucional, ganha ainda mais magnitude neste momento de complexidade ímpar, pelo empenho, dedicação e altos índices de produtividade de magistrados, servidores e atores da Justiça (advogados, membros do Ministério Público, dentre outros) que não têm medido esforços para cumprir o seu mister com afinco, eficiência e responsabilidade, fortalecendo, assim, o Estado Democrático de Direito.

Portanto, a todos que são parte indissociável da história da Justiça, rendo honrosamente minhas sinceras homenagens e minha cordial gratidão. Estamos em constante movimento, dando passos precisos para alcançar a Justiça que todos almejamos: célere, transparente, segura e humana. Asseguro que continuaremos juntos promovendo a paz social, enaltecendo os valores da igualdade e da dignidade, sempre na vanguarda das emergentes questões afetas a todos os jurisdicionados.

Desembargador Kisleu Dias Maciel Filho
Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Goiás

Fale conosco sobre esta página