Adotando um estilo leve, moderno e transparente, com a condensação dos principais projetos, atividades e ações desenvolvidos no segundo semestre deste Biênio 2019/2021, sob o comando do desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, o último informativo de notícias desta gestão, que se encerra na próxima semana, já está disponível no site da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás. Esta edição especial, que tem inserido em seu contexto várias iniciativas adotadas pelo órgão censor durante a pandemia da Covid-19, traz uma mensagem final do corregedor-geral aos servidores, magistrados e todos os atores da Justiça que fizeram parte desta exitosa administração.

Entre as “pílulas de informação” constantes desta edição estão o ineditismo do primeiro Webinário Fonaje - Goiânia 2020 no formato virtual, os Encontros Regionais On-line com o alcance de todas as 13 Regiões Judiciárias do Estado e cumprimento integral da Meta 2, os reconhecimentos de paternidade on-line no período pandêmico, a participação, pela primeira vez, dos juízes auxiliares da Corregedoria nos debates para realização do Encoge, o Novo Código de Normas e Procedimentos do Extrajudicial, o primeiro casamento por videoconferência no período pandêmico, a implantação da FAQ no site da CGJGO, a celeridade dada pelo Infoseg, o estímulo à adoção, a entrega do relatório final desta gestão dentre outros.

O Informativo da Corregedoria foi regulamentado pela Portaria nº 138, de 15 de julho de 2019, assinada pelo corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, e tem como finalidade a publicação e divulgação, em padrão claro e conciso, de entrevistas, relatos jornalísticos, registros fotográficos e informações relevantes dos assuntos institucionais deste órgão. Esta ação da Corregedoria atende à Meta 9, do Plano de Gestão do órgão censor para este Biênio (2019/2021), que dispõe sobre a viabilização de no mínimo três iniciativas para facilitar o acesso e a transparência aos serviços da CGJGO.

A Meta 9 é alicerçada pela Resolução nº 215/2015, do Conselho Nacional de Justiça, cujo objetivo é fomentar a acessibilidade das informações a todos os cidadãos tornando, assim, a Corregedoria mais próxima da sociedade, além de propiciar um sentimento de confiança e credibilidade nos jurisdicionados por meio de critérios que primam pela honestidade, clareza nas informações, respeito à veracidade dos fatos e uma comunicação clara, transparente e ética. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da CGJGO/Arte: Hellen Bueno – Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO)

 

Fale conosco sobre esta página