O juiz Jesseir Coelho de Alcântara (foto), da 1ª Vara Criminal de Goiânia, realizará, nesta quarta-feira(07), às 14 horas, audiência da ação penal relativa àquela que ficou conhecida como "chacina na Boate Insomnia". Na ocasião, fará averiguação de testemunhas e, se possível, interrogatório dos réus. 

Fato

O crime ocorreu por volta das 4 horas da madrugada de 18 de janeiro deste ano, dentro da Boate Insomnia, localizada no Setor Perim. Na ocasião,  Marlon Ferreira Borba e Flávio Lacerda mataram, a tiros, Daltovan Dias Nunes Júnior, Luan Carlos Libanio Santos e Alinne Silva Campos e tentaram matar Lucas Barbosa de Oliveira, Ubaldo Sérgio Carvalho Júnior e Douglas Farias Cardoso. Logo após o crime, eles fugiram.

A polícia foi acionada e perseguiu os suspeitos, que foram presos e confessaram o crime. Murilo Silva Sales Morais, que acompanhava Marlon e Flávio, foi morto após ter reagido à abordagem policial. Flávio e Marlon foram acusados por homicídio qualificado por motivo torpe - por ter impossibilitado a defesa das três vítimas - e tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe. No total, foram seis vítimas. (Texto: Amanda Brites - estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página