O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Walter Carlos Lemes, por meio do Decreto Judiciário Nº 1.141/2019, estabeleceu a prorrogação da suspensão dos prazos processuais dos autos físicos, em trâmite na plataforma do Sistema de Primeiro Grau (SPG), na 4ª Vara Cível da comarca de Aparecida de Goiânia. A suspensão se dará no período de 10 de abril a 9 de maio de 2019. A medida é necessária para digitalização do acervo judicial daquela unidade judiciária.

 

A rede Makro Atacadistas foi condenada a indenizar por danos morais, arbitrados em R$ 15 mil, uma cliente que se acidentou na loja de Aparecida de Goiânia. A mulher escorregou no piso molhado e, por causa da queda, fraturou o braço. A sentença é do juiz Jonir Leal de Sousa, da 1ª Vara Cível da comarca.

Apenas nesta terça-feira (23), primeiro dia do programa Acelerar Previdenciário, promovido na comarca de Caiapônia, foram realizadas 112 audiências, resultando em 93,58% dos processos resolvidos de forma definitiva, ou seja, sentenciados. A iniciativa segue até a sexta-feira (26) e a expectativa é que passem pelo fórum local quase mil pessoas entre partes, advogados e testemunhas.

A juíza Karine Unes Spinelli, da 1° Vara Cível e da Infância e da Juventude da comarca de Trindade, comunica sobre o processo seletivo de agente de proteção voluntário do Juizado da Infância e da Juventude. As inscrições estão abertas no período de 25 abril a 6 de maio de 2019, e serão destinadas ao provimento de 20 vagas, e as que vierem a surgir dentro do prazo de validade da seleção.

Fale conosco sobre esta página