O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Ney Teles de Paula, recebeu nesta quinta-feira (28) uma comissão de Aparecida de Goiânia composta pelo prefeito Maguito Vilela; juíza Stefane Fiúza Cançado Machado, diretora do Foro local e secretários municipais.

Eles parabenizaram o presidente do TJGO pela administração iniciada há um mês e solicitaram melhorias para a comarca. Stefane Machado apresentou à Presidência do TJGO a necessidade da construção de um novo fórum na região da Vila Brasília e a criação de cinco novas unidades judiciárias. Além disso, a magistrada, em nome dos juízes de Aparecida de Goiânia, solicitou a elevação da comarca de entrância intermediária para final. “Aparecida de Goiânia está em desenvolvimento, por isso viemos pleitear a criação dos juizados da mulher, criminal e da fazenda pública e de mais varas de família e cível”, frisou.

De acordo com a juíza, a comarca de Aparecida conta atualmente com cerca de 71 mil processos em tramitação.“Temos dois fóruns, um na região central e outro no Garavelo que atendem cerca de 150 mil habitantes cada. Agora, a região da Vila Brasília também necessita de um prédio para que cada vez mais possamos entregar uma prestação jurisdicional célere e eficaz”, completou.

Maguito Vilela ressaltou a importância do Poder Judiciário da cidade e lembrou que o TJGO foi a primeira instituição a fazer justiça em Aparecida. “Nossa cidade sempre foi marginaliza e esquecida. E sempre pudemos contar com a Justiça goiana que nunca nos virou as costas. Por isso, vamos providenciar a área no tamanho necessário”, anunciou  o prefeito ao falar que o município tem condições de doar a área para a construção do novo fórum. Maguito lembrou que a cidade está em pleno desenvolvimento e conta atualmente com cerca de 500 mil habitantes.

Ao ouvir os pleitos, o presidente do TJGO afirmou aos integrantes da comitiva que o Tribunal se coloca a disposição e lembrou que está em andamento um concurso para juiz substituto, com 34 vagas, cuja prova da segunda etapa será realizada dia 10 de março. “Conforme a lei, vamos tentar agilizar esse concurso para que seja feito outro o mais rápido possível”, pontuou. A magistrada e o prefeito afirmaram estarem satisfeitos com a reunião e a receptividade dos integrantes do Poder Judiciário goiano. “Saio daqui com mais certeza ainda que sempre podemos contar com a Justiça goiana”, finalizou Maguito.

Participaram do encontro, os desembargadores Luiz Cláudio Veiga Braga, Orloff Neves Rocha, Gerson Santana Cintra (Ouvidor-Geral da Justiça), Jeová Sardinha de Moraes, Zacarias Neves Coêlho, Amélia Martins de Araújo e Walter Carlos Lemes. Também o diretor do Foro de Goiânia, juiz Átila Naves Amaral; José Ricardo Machado, juiz-auxiliar da Presidência do TJGO; diretor-geral do TJGO, Wilson Gamboge Júnior; secretário-geral do Presidência, Fernando Sousa Chaves e o assessor do Departamento de Precatórios do TJGO, Uires Gomes Rodrigues. (Texto: Arianne Lopes / Fotos: Hernany César - Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página