Não existe outra via para a solidariedade senão a procura e o respeito pela dignidade humana. Em tempos de sofrimento e crise, especialmente em decorrência do cenário pandêmico que experimentamos, onde tantos perderam não só seus empregos e sua dignidade, mas familiares e amigos queridos, o ser humano mostra que tem a capacidade de dar o melhor de si, principalmente quando o assunto é a compaixão ao próximo.

A inequívoca constatação desse fato é justamente a doação de quase 300 cestas básicas advindas das valiosas contribuições de magistradas e magistrados e servidoras e servidores componentes da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, destinadas à 2ª edição campanha solidária promovida pelo Tribunal de Justiça de Goiás, cuja finalidade precípua é amenizar a situação de precariedade vivenciada pelas pessoas atendidas por instituições e entidades escolhidas e cadastradas no Poder Judiciário, sobretudo, em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus, matando, assim, a fome de muitos carentes. Não poderia deixar de mencionar ainda, nesta oportunidade, as doações externas realizadas por colegas da advocacia, uma grata surpresa.

A cada magistrado e servidor que integra este órgão censor, bem como aos nobres advogados, que de tão boa fé e coração aberto nos honraram com a sua colaboração,   meu reconhecimento, carinho, respeito e agradecimento sincero. Sabemos que ainda há muito por ser feito na construção de uma sociedade melhor, contudo, a união faz a força e o propósito faz a união. Dar sentido à vida é uma necessidade humana. E quando  envolve um ideal coletivo, grandes e belos frutos podem ser colhidos.

É essa generosidade que gera a semente da esperança, tão importante para vencermos esse momento desafiador. Porque, como já dizia um provérbio antigo e sábio: “mãos que doam nunca ficam vazias”.

Muito obrigado a todos!

Desembargador Nicomedes Domingos Borges
Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Goiás

Visando tornar mais acessível ao usuário, de maneira simplificada, os serviços constantes do site da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, a Diretoria de Tecnologia da Informação do órgão censor disponibilizou os links para consulta pública referentes a ordem cronológica de processos para julgamento e em andamento na escrivania  (http://corregedoria.tjgo.jus.br/sistemas/ordemserventia/http://corregedoria.tjgo.jus.br/sistemas/ordemserventia). A Diretoria de TI da CGJGO está sob a responsabilidade do servidor Domingos da Silva Chaves.

Cumprindo mais uma vez sua missão institucional e seu papel de agente social, em consonância com a Presidência  do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, a Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás adere neste mês, considerado de conscientização sobre múltiplos temas, às Campanhas Setembro Verde, de inclusão social da pessoa com deficiência e incentivo à doação de órgãos, e Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio. Como demonstração de apoio a essas importantes causas de relevância social foi desenvolvido no site da CGJGO, pela equipe da Diretoria de Informática do TJGO,   dois símbolos nos tons de verde e amarelo (bem no topo da página inicial da CGJGO, do lado esquerdo) que fazem alusão à campanha e remetem a essa publicação.

Em tom de informalidade e total interatividade com a comunidade, a 8ª edição do Encontro Regional On-line, promovida pela Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás em parceria com a Escola Judicial de Goiás (Ejug) na Comarca Polo de Goianésia da 11ª Região Judiciária, foi encerrada nesta sexta-feira, 27, com quase mil participações, incluindo os capacitandos. O término do evento se deu com a realização de uma audiência pública que reuniu magistradas e magistrados, servidoras e servidores, autoridades, e representantes de várias instituições locais, bem como a sociedade em geral.

Fale conosco sobre esta página