O juiz da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida da comarca de Goiânia, Jesseir Coelho de Alcântara presidirá, nesta terça-feira (08), o júri popular de um pai acusado de tentar mata o filho. Leomar Leite de Andrade é acusado de tentativa de homicídio de Yuri Magalhães de Andrade. A sessão terá inicio às 8 horas, no Fórum Criminal, situado à rua 72,  Jardim Goiás.

Consta dos autos que, por volta das 17 horas do dia 9 de agosto de 2015, Leomar Leite de Andrade e família foram passar o dia dos pais em um clube, na cidade de Goianira, onde lá consumiu bebidas alcoólicas. Ao retomarem para a casa, já no final da tarde, Leomar, que é viciado em cheirar thinner, entrou para o interior de sua casa, sentou-se no sofá ao lado de sua enteada Bruna, quando, ao afirmar que estava apaixonado pela mesma, deu também um tapa em suas nádegas. André, que é irmão de Bruna, presenciou o fato e discutiu com Leomar,  o qual, bastante alterado, pegou uma faca e fez ameaças.

O menor André, buscando pedir ajuda, dirigiu-se para fora de casa seguido por Leomar.Porém, ao não observar o fluxo de veículos, acabou sendo atropelado por um motociclista.  Leomar, ao ver a cena, dirigiu-se em direção do motociclista com o objetivo de lesioná-lo com a faca que estava em sua mão. Com a intenção de impedir Leomar, a vitima Yuri Magalhães o segurou por trás na tentativa de tomar a faca. Mesmo sabendo que a faca iria acertar Yuri, Leomar movimentou-a  para trás atingindo a vitima pelo abdômen.

A vitima foi socorrida pelo tio, e encaminhada para receber atendimento médico, ao qual sobreviveu do ataque. Já Leomar, após cometer o crime, se escondeu até o dia seguinte, e, ao retornar às suas atividades normais, foi preso, e, posteriormente, teve a prisão preventiva decretada. (texto: Karen Costa- estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página