O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Walter Carlos Lemes, realizou, na manhã desta sexta-feira (25), a abertura da oficina de Media Training, promovida pela Escola Judicial de Goiás (Ejug) e ministrada pelo jornalista jurídico, João Camargo Neto. Essa é a primeira vez que o Poder Judiciário de Goiás realiza esse tipo de curso para os juízes.

A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) nomeou, para ocuparem as funções de Juiz de Paz, 1º e 2º suplentes, nas comarcas de Ceres e Montes Claros de Goiás, bem como do distrito judiciário de Cana Brava. Em Ceres, atuarão nas respectivas funções Paulo Sérgio Silva Costa, Daniela Lopes Amaral Carneiro e Fernanda Palasios de Mello. Em Montes Claros de Goiás, Cristóvão Adilson de Oliveira e Cunha, Cássia Costa Camargo e Aparecida Dias da Cunha.

A Divisão de Distribuição da Diretoria Judiciária do TJGO informa que as certidões de 2º grau, para fins eleitorais, solicitadas até as 18 horas, estão sendo emitidas no mesmo dia da solicitação.

Por unanimidade votos, com a relatoria do desembargador Orloff Neves Rocha, o Conselho Superior da Magistratura deferiu petição encaminhada pelo corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, para apresentação de elogio formal à atuação vanguardista do juiz Liciomar Fernandes da Silva, titular da 2ª Vara da Comarca de Trindade, respondente da 2ª Vara de Jaraguá e um dos coordenadores da equipe de Atividades Específicas - Auxílio a Gabinetes de Primeira Instância, da Corregedoria, com anotação em seu dossiê funcional, no que tange a realização da 1ª audiência de instrução e julgamento criminal por videoconferência no País.

Fale conosco sobre esta página