Foi realizada, na sexta-feira (4), na comarca de Águas Lindas de Goiás, a visita humanizada entre filhos e mães encarceradas. A iniciativa faz parte do Programa Amparando Filhos Transformando Realidades com a Comunidade Solidária do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e serviu para comemorar o Dias das Mães.

Segundo o juiz Felipe Levi Jales Soares, da 1ª Vara (Cível, Criminal e da Infância e da Juventude), a instalação do programa na comarca de Águas Lindas é de vital importância em face da grande quantidade de crianças e adolescentes filhos de mulheres submetidas ao cárcere em função da natureza de sua população e da proximidade com um grande centro populacional. Segundo ele, Águas Lindas de Goiás fica está localizada a apenas 40 quilômetros da capital federal e recebe grande quantitativo populacional flutuante, composta de pessoas vindas de todos os lugares do país. “Essa característica, com a deficiência de recursos públicos e políticas públicas necessárias para a infância e juventude, contribuem para a baixa condição de vida da população e ao aumento da criminalidade e da violência. O programa atua justamente na tentativa de afastar mazelas como estas das crianças e dos adolescentes privados do contato com suas mães”, afirmou.

O Amparando Filhos foi idealizado pelo juiz da comarca de Serranópolis, Fernando Chacha, e visa prestar assistência e amparo às crianças e aos adolescentes filhos de mulheres em privação de liberdade, mantendo o vínculo afetivo e a referência materna a essas pessoas em desenvolvimento, assim garantindo-lhes um desenvolvimento digno. (Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página