Os integrantes do Comitê de igualdade Racial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) se reuniram nesta terça-feira (3). Foi o quarto encontro do comitê, que, por conta da pandemia de Covid-19, está sendo feito de forma virtual. Os encontros têm, como foco principal, o debate sobre a disseminação do conhecimento e informações sobre a luta de igualdade racial e representatividade.

O grupo, coordenado pela juíza Adriana Maria dos Santos Queiróz de Oliveira, procura, por meio de leituras e debates, promover a busca por diálogo com outras esferas do Judiciário, de forma a tornar o Poder mais igualitário.

Pautas como a busca de diálogo com outros Poderes e instituições, como também casos de abuso e racismo, foram alguns dos temas da reunião desta terça-feira (3), demonstrando a importância da discussão para o combate a estes casos e, também, para a contribuição da disseminação de conhecimentos e informações sobre a luta de igualdade. Outras discussões sobre o grau de representatividade que ocorrem nos processos seletivos, foram abordadas no encontro.

A próxima reunião do grupo será feita, de forma extraordinária, no dia 24 de agosto, às 9 horas, por meio de plataforma on-line. O encontro será uma edição especial com o tema Vida e Obra de Luiz Gama. A data foi escolhida por ser o aniversário da morte do abolicionista, jornalista e escritor brasileiro.

Fale conosco sobre esta página