Teve início nesta segunda-feira (15) a exposição Pintura Colonial Barroca Cusquenha, do pintor e professor peruano Victor Hugo Bravo Romero. O artista pretente apresentar a pintura do Peru para os goianienses e também colaborar com a cultura goiana.


Para ele, a exposição contribui para o intercâmbio cultural que existe entre os países da América. A exposição vem de Brasília e permanece aberta para visitação no hall de entrada do Tribunal até a sexta-feira (19).

Sociólogo, historiador e professor de artes, Victor Hugo já expôs suas peças em Venezuela, Colômbia, Estados Unidos e Europa. Existe ainda uma obra de sua autoria exposta no Museu do Louvre, em Paris. A mostra no TJGO reúne cerca de 25 obras, em óleo sobre tela, a maioria inspirada em temas paisagísticos e humanos. A arte colonial peruana, denominada “Escuela Cusquenha”, é originária da cidade de Cusco, capital do Império Inca, e desenvolveu-se entre os séculos XVI e XVIII. Vitor Hugo é um dos poucos continuadores dessa corrente pictórica, com reconhecimento internacional. (Texto: Carolina Diniz - estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO/ foto: Wagner Soares)

Fale conosco sobre esta página