Em solenidade híbrida (semi presencial e on-line) realizada na tarde desta quarta-feira (7), no Salão Nobre da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, o juiz Gustavo Assis Garcia foi empossado no cargo de 1º juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos Alberto França, e pelo corregedor-geral da Justiça de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges. 

O magistrado, que teve o nome indicado pelo corregedor-geral, tendo sido referendado pelos componentes do Órgão Especial do TJGO na segunda-feira (5), durante sessão extraordinária do colegiado, assume a função no lugar da juíza Camila Nina Erbetta Nascimento, removida ao cargo de juíza substituta em segundo grau, pelo critério de antiguidade, no mesmo dia e na mesma sessão.

De forma cordial, o corregedor-geral, desembargador Nicomedes Domingos Borges, saudou os pais dos juízes empossados (Camila Nina e Gustavo Assis) e enalteceu o trabalho dos dois magistrados, desejando sucesso e sabedoria nesta nova trajetória que se descortina para ambos.

“Foi emocionante ter o privilégio de ver na mesma sessão a conquista merecida da juíza Camila Nina e as menções elogiosas ao seu trabalho e à sua pessoa por parte dos meus pares e, ao mesmo tempo, ter o apoio unânime dos meus colegas na indicação do juiz Gustavo Assis, considerado magistrado de conduta ilibada e postura equilibrada por todos. Tenho convicção de que fizemos a escolha acertada e que tanto a Corregedoria quanto o segundo grau ganharam com escolhas tão honrosas”, ressaltou.

Expressando imensa gratidão pela oportunidade de exercer o cargo de juiz auxiliar da Corregedoria, o juiz Gustavo Assis, após assinar o termo de posse e prestar o juramento oficial, fez uma deferência especial a Deus, aos seus familiares, amigos e colegas magistrados, ao corregedor-geral pela indicação do seu nome, à juíza Camila Nina pela transição tranquila e segura, e aos desembargadores que o referendaram.

Na ocasião, o magistrado fez questão de reiterar o compromisso e a responsabilidade inerentes ao cargo, bem como a confiança depositada em seu trabalho. “Tenho a difícil missão de suceder a juíza Camila Nina, mas posso afirmar que honrarei essa oportunidade com o máximo de dedicação, empenho e comprometimento. Recebo hoje esta incumbência com muita alegria e humildade”, evidenciou.

Presenças

Pela Corregedoria, estiveram presentes os juízes Ricardo Dourado e Altair Guerra da Costa, auxiliares da CGJGO; Helenita Neves de Oliveira e Silva, secretária-geral da CGJGO; Lister Albernaz, assessor jurídico da CGJGO;  Kenedy Augusto, diretor do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU); Maria Nilva Fernandes, diretora da Divisão Interprofissional Forense; a psicóloga Ana Paula Osório Xavier, integrante da Divisão Interprofissional Forense da CGJGO; Sérgio Dias dos Santos Júnior, diretor de Correição e Serviços de Apoio da Corregedoria; e Ubiratan Alves Barros, assessor de Orientação e Correição.

Currículo

O juiz Gustavo Assis Garcia, que atuará na seara criminal como 1º juiz auxiliar da CGJGO, graduou-se pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) em 1996. É especialista em Ciências Criminais pela Escola Superior da Magistratura do Estado de Goiás (Esmeg).

Ingressou na magistratura goiana em 1999, passando pelas comarcas de Acreúna, Quirinópolis, Aparecida de Goiânia e Goiânia, onde ocupa a titularidade da Vara da Auditoria Militar desde 2011. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás/Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fale conosco sobre esta página