Seguem as principais dimensões focalizadas pela Governança de TIC:

  1. Alinhamento Estratégico – Vinculação entre TI e negócios (planejamento e operações);
  2. Entrega de Valor – Garantia de alcance dos benefícios, com otimização de custos;
  3. Gestão de Riscos – Incorporação do tratamento de riscos e da conformidade nos processos;
  4. Gestão de Recursos – Otimização dos investimentos e do uso dos recursos de TI (humanos e tecnológicos);
  5. Mensuração de Desempenho – Indicadores estratégicos para avaliar todas as dimensões da TI.

A Divisão de Governança e Planejamento (DGP) é uma unidade administrativa vinculada à Diretoria de Informática e tem a competência de promover a gestão do Plano Diretor, bem como priorizar a gestão da Governança em TIC, inserindo as melhores práticas nos procedimentos e processos internos da Diretoria de Informática. Promover também o monitoramento dos Projetos da Diretoria de Informática constantes nos Planos: Plano Estratégico do TJGO - PE, Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação - PETIC, Plano Diretor de TIC - PDTIC, bem como apoiar o Diretor de TI nas questões relacionadas aos Planos Estratégicos do TJGO, para assegurar a racionalidade das decisões na gestão da TI no Poder Judiciário do Estado de Goiás. (arts. 1, 135 e 136 do Dec. Jud. nº 887/2019).

Desta forma, os gestores da Diretoria de Informática contam com apoio para que suas unidades possam desenvolver suas competências e atribuições de maneira mais planejada e harmônica. Esta nova unidade organizacional promoverá a coordenação do planejamento entre as unidades da DI, visando à contínua melhoria na qualidade dos serviços prestados à sociedade, e garantindo que as ações planejadas estejam alinhadas com os planos de gestão do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. Para fomentar uma boa governança e melhorar o desempenho leva-se em conta à transparência de suas atividades como principal fundamento para profissionalização dos serviços desta Diretoria, com uso de indicadores de desempenho que remetam ao cumprimento das ações planejadas pelas unidades da DI e também dos seus gestores. A Governança em TIC deve ser um esforço de todos.

A premissa mais importante da Divisão de Governança e Planejamento de TIC do Poder Judiciário do Estado de Goiás é o alinhamento entre os macrodesafios, objetivo e metas estratégicas da instituição com as ações planejadas na execução do Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. A definição do ilustre professor da FGV, Sr. João R. Peres, demonstra este conceito de forma abrangente, atribuindo os papéis e as responsabilidades conforme abaixo:

Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a finalidade de garantir controles efetivos, ampliar os processos de segurança, minimizar os riscos, ampliar o desempenho, otimizar a aplicação de recursos, reduzir os custos, suportar as melhores decisões e consequentemente alinhar TI aos negócios.

Fale conosco sobre esta página