A Unimed Goiânia Cooperativa de Trabalho Médico terá de manter o plano de saúde de Selma Sônia Martins e Lutigar Bernardes de Souza, continuando assim a emitir e enviar boletos no endereço dos clientes, e a revalidar seus cartões, preservando todos os prazos de carência já cumpridos, sob pena de multa diária, arbitrada em 500 reais. A decisão, unânime, foi da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), que manteve liminar da comarca de Goiânia. 

Será realizado, no dia 12 de agosto, a partir das 13 horas, no auditório da Asmego/Esmeg, o evento Reflexões Sobre a Judicialização da Saúde, com participação do Ministro Luis Felipe Salomão, que abordará o tema Visão Institucional da Judicialização da Saúde no Superior Tribunal de Justiça; do desembargador Carlos Alberto França (foto), que falará sobre o dano moral nas ações judiciais envolvendo saúde, além de diversos outros especialistas no assunto.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Leobino Valente Chaves, suspendeu o expediente forense na comarca de Goiatuba até o 19 de agosto, em decorrência do incêndio de grandes proporções ocorrido no fórum local, na madrugada de quinta-feira (10).

O juiz Murilo Vieira Faria, do 4º Juizado Especial Cível da comarca de Goiânia, recebeu nesta quarta-feira (10) os primeiros interessados em trabalhar como voluntários após a regulamentação do serviço. No total, 13 pessoas – em sua maioria estudantes do curso de Direito da Universidade Federal de Goiás (UFG) –, se apresentaram naquela unidade judiciária localizada na Praça Universitária. Na oportunidade, eles receberam o termo de adesão e foram informados sobre as condições do serviço voluntário. 

Fale conosco sobre esta página