O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) prepara-se para retomar as atividades forenses presenciais, de acordo com cronograma gradual, que começa no próximo dia 1º de agosto e segue até o dia 4 de outubro. Para tirar as dúvidas do público interno e externo, a juíza auxiliar da Presidência do TJGO, Sirlei Martins da Costa, conversou com o Centro de Comunicação Social do TJGO. A magistrada é integrante do Grupo de Trabalho do Poder Judiciário goiano para implementação e acompanhamento das medidas de retorno, criado conforme resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Veja a entrevista:

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes, assinou despacho para habilitar pagamento a quase 2.5 mil credores de precatórios. A medida, que propiciou alcance inédito, foi possibilitada por meio de Acordo Direto com o Estado de Goiás, nos termos da Lei 17.034/10.

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) retornará gradualmente suas atividades, de forma presencial, pelos magistrados, servidores, estagiários e colaboradores. Para  isso, foi necessário um protocolo de segurança de acordo com as exigências da Organização Mundial de Saúde (OMS), bem como das secretarias de Saúde Estadual e municipais, em razão das peculiaridades de cada comarca, com a finalidade de prevenir, principalmente, a transmissão de infecções produzidas pelo novo Coronavírus – SARS-Cov-2, em todas as dependências do Poder Judiciário goiano. Veja o plano de retomada.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes, visitou, nesta quinta-feira (30), a obra da reforma do Bloco B da sede do TJGO e reuniu-se com integrantes da sua equipe e os responsáveis pela construção. Desde o início da obra, em novembro de 2019, o desembargador-presidente acompanha pessoalmente o andamento dessa que é uma das principais ações do seu mandato à frente da Presidência.

Fale conosco sobre esta página