Apresentação 

O Programa Anjo da Guarda tem como missão identificar e preparar famílias de Goiânia, que voluntariamente se disponham a promover ações que beneficiem crianças e adolescente independente de faixa etária; oferecer suporte material e/ou financeiro e estabelecer vínculo afetivo com criança com mais de 05 anos de idade e adolescente que vivem em Instituições de Acolhimento, propiciando-lhes oportunidades de convivência familiar e comunitária necessária a um desenvolvimento emocional e social saudável, contribuindo assim com as garantias do direito da criança/adolescente institucionalizado de retornar para a sua família de origem e, não sendo possível, ser acolhido em família substituta através do Apadrinhamento.  

 Equipe

Grupo gestor: Juizado da Infância e Juventude de Goiânia
Coordenação do projeto: Equipe do Programa Anjo da Guarda

 Histórico 

Mediante a Portaria nº 005 publicada em 05 de novembro de 2003, foi instituída o I Censo de Crianças e Adolescentes Institucionalizados de Goiânia, sendo que em 30 de junho de 2004 foi publicada a Portaria nº 007, com orientações sobre o funcionamento das Entidades de Acolhimento no município de Goiânia/GO e nesta já eram abordadas questões na recente Lei 12.010, de 19 de julho de 2009, com isso criou-se a DFAE – Divisão de Fiscalização e Apoio a Entidades de Acolhimento Institucional, e o Projeto Anjo da Guarda, através da portaria nº 010 em 13 de outubro de 2004. Em fevereiro de 2005 ocorreu a separação dessas duas iniciativas, visando o melhor funcionamento e execução das atividades de ambas. 

Seja Um Padrinho

 Padrinho prestador de serviço:

prestador

Pessoas interessadas em disponibilizar voluntariamente seus conhecimentos profissionais, promovendo ações que beneficiem as crianças e adolescentes institucionalizados, bem como em cumprimento de Medida Socioeducativa ou que retornaram para a família biológica, independente de faixa etária. Esse atendimento pode se dar dentro da Instituição de Acolhimento ou no local de trabalho do profissional.

Exigências:

  1. Preencher Ficha de Cadastro de Padrinho Prestador de Serviço ( pessoalmente, por e-mail ou telefone ) informando o tipo de serviço oferecido, o horário e o local do atendimento disponibilizado. Ficha
  2. Apresentar cópia de documentos pessoais ( via fax , e-mail ou pessoalmente ) sendo estes:
    • RG
    • CPF
    • Carteira ou registro profissional.
    • Comprovante de endereço domiciliar e comercial.
  3. Receber visita no local onde serão prestados os serviços, caso seja fora da instituição de acolhimento.

   

Padrinho provedor:

provedor

São pessoas ou empresas, que oferecem suporte material ou financeiro, para atender as necessidades das crianças e adolescentes acompanhados pelo Juizado da Infância da Juventude de Goiânia. 
Através do Programa Anjo da Guarda as doações serão direcionadas conforme as prioridades das crianças e adolescentes institucionalizados, bem como em cumprimento de Medida Socioeducativa ou que retornaram para a família biológica.

Exigências:

  1. Preencher Ficha de Cadastro de Padrinho Provedor ( pessoalmente, por e-mail ou telefone ). Ficha

 

 Padrinho afetivo:

social

Pessoas interessadas em estabelecer vínculo afetivo com crianças/ adolescentes acolhidos, com idade entre 5(cinco) e 17(dezessete)anos através de permanência aos finais de semana, feriados, férias escolares e passeios com família madrinha.

Há duas modalidades deste apadrinhamento:

  1. com possibilidade de guarda
  2. sem possibilidade de guarda

Exigências:

  1. Comparecer pessoalmente ao Juizado da Infância e da Juventude de Goiânia para Entrevista Inicial (Rua T-47 nº 669, Setor Bueno – Fone: 3236-2721);
  2. Preencher e assinar Requerimento de Inscrição no projeto;
  3. Apresentar documentação:-
  • Cópia da carteira de Identidade(RG);
  • Cópia do CPF;
  • Cópia do comprovante de residência ( talão de água, luz ou telefone. Se for alugado, cópia do contrato de locação)
  • Cópia da certidão de casamento/nascimento/declaração relativa ao período de união estável;
  • Atestado de sáude fisíca (qualquer especialidade médica) e de Saúde Mental (somente com psiquiatra)
  • Certidão de Antecedentes Criminais ( no Vapt-Vupt do Araguaia Shopping ou no Fórum Fenelon Teodoro Reias, na rua 72, Qd. C, Lt. 15/19, Jardim Goiás. Fone 3018 – 8000)
  • Certidão Negativa Cível (Fórum da Rua 10, nº 150, Setor Oeste)
      4. Receber visita domiciliar;
      5. Participar do Curso de Preparação para Apadrinhamento Afetivo.
 

Contato

Endereço: Juizado da Infância e Juventude de Goiânia – Rua T-47, esquina c/ rua T-30, nº 669, Setor Bueno, Goiânia/GO

Telefones: 3236-2721 / 23236-2743

Fax: 3236-2716

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco sobre esta página